Brasileirão, Esportes, Futebol

Em jogo pré-clássico, São Paulo derrota o Vitória no Morumbi

Thomaz comemora o primeiro gol são-paulino no Morumbi. Foto: Rubens Chiri/SPFCApós etapa inicial pouco inspirada, o São Paulo bateu o Vitória por 2 a 0 ontem (8), no Morumbi. Com gols de Thomaz e Lucas Pratto, ambos no segundo tempo, o time subiu três posições no Brasileiro.

Após cinco rodadas, a equipe de Rogério Ceni so­ma nove pontos e ocupa a sétima colocação do campeonato. No próximo domingo (11), o desafio será diante do rival Corinthians, líder da competição, em Itaquera.

O Vitória, que estreou o técnico Alexandre Gallo, assumiu a lanterna do Brasileiro com a derrota. Tem apenas um ponto em cinco jogos.

Com o estreante Maicosuel entre os titulares, o São Paulo teve variações de intensidade no primeiro tempo. Começou mais ligado, mas a primeira chance de gol surgiu quando o Vitória era melhor.

Aos 26 minutos, Júnior Tavares cruzou na cabeça de Maicosuel, que exigiu elasticidade de Fernando Miguel. Pratto tentou mais duas vezes, mas parou no goleiro.

Sem o meia Cueva, que defende a seleção peruana em amistoso, o time de Rogério Ceni careceu de criatividade. Em alguns momentos, os zagueiros buscaram lançamentos diretos ao ataque.

Em busca de melhor organização ofensiva, o São Paulo voltou do intervalo com Thomaz no lugar de Maicosuel. Neste aspecto, a alteração não mudou o cenário. A ligação direta entre defesa e ataque, especialmente quando o alvo era Marcinho pela direita, surtia mais efeito.

Porém, Thomaz fez a diferença quando, aos 18 minutos, chutou cruzado para abrir o placar. O meia aproveitou passe de Pratto, que ganhou a bola após falha bisonha de Willian Farias.

O Vitória, que até então só gastava o tempo, lançou-se ao ataque e quase empatou aos 29, mas parou na boa fase de Renan Ribeiro. O goleiro espalmou a tentativa de David e rebateu o chute à queima roupa de Paulinho. Na sequência, o atacante do time baiano tentou de novo, mas Militão afastou antes de a bola entrar.

A equipe de Salvador ainda teve um gol anulado, aos 35, após Kieza tocar a mão na bola dentro da área. Ao São Paulo restou se defender e ainda deu tempo de ampliar, aos 47, com um golaço de Pratto, que acertou o ângulo esquerdo de Fernando Miguel.

 

SÃO PAULO 2 x 0 VITÓRIA

Gols: Thomaz, aos 18, e Pratto, aos 47 do 2º tempo. Ár­bi­tro: Rafael Traci. Renda: R$ 286.468 (12.536 torcedores). Estádio: Morumbi, em São Paulo, ontem à noite.

SÃO PAULO

Renan; Lucão, Militão e Maicon; Bruno, Jucilei, Cícero (João Schmidt) e Júnior Tavares; Maicosuel (Thomaz), Marcinho (Wellington Nem) e Pratto. Técnico: Rogério Ceni.

VITÓRIA

Fernando Miguel; Patric, Alan Costa, Fred e Thallyson; Willian Farias, Uillian Correia (Cleiton Xavier) e Gabriel Xavier (Todinho); Neilton (Paulinho), David e Kieza.  Técnico: Alexandre Gallo.

 

Deixe uma resposta