Brasileirão, Esportes, Futebol

Recuperado, Jadson reforça Corinthians no clássico contra o Santos

Jadson participou normalmente de rachão ontem. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansAs limitações demonstradas no último jogo e a ausência nos primeiros treinos da semana chegaram a colocar em dúvida a presença de Jadson na partida contra o Santos, amanhã (3), em Itaquera. Porém, a dúvida deixou de existir na tarde de ontem.

O meia participou normalmente do treinamento do Corinthians e mostrou ter superado as dores na coxa direita que o vinham incomodando. “Senti uma pontadinha no (músculo) adutor e fiz tratamento em dois períodos, desde segunda-feira. Fiz o teste em campo agora e melhorou bastante. Estou pronto para o jogo”, afirmou.

Aprovado no teste, Jadson trabalhou em campo pela primeira vez na semana. Participou de animado rachão e hoje estará na atividade tática programada para a tarde.

“O pessoal me deu uma espécie de repouso nesses dias para chegar bem à partida contra o Santos”, sorriu o atleta de 33 anos, com as baterias devidamente recarregadas.

O Corinthians defenderá seu ótimo desempenho em clássicos na temporada. A equipe ainda não foi derrotada nos dérbis e enfrentará um adversário que perdeu todos.

“Nosso time não se considera favorito”, disse Jadson, minimizando o histórico recente. “Claro que a camisa do Corinthians tem peso, mas jogar contra o Santos é sempre muito difícil.”

“Temos de nos impor mais dentro de casa. Às vezes, nossa equipe poderia agredir um pouco mais depois de fazer 1 a 0. Deixamos a vitória escapar em alguns jogos e vamos tentar quebrar essa série de empates em casa. Seria muito importante que a vitória viesse contra o Santos”, disse.

Jadson comemorou ontem o aniversário de três anos do primeiro gol do Corinthians em Itaquera, anotado em 2014, contra o Botafogo.

 

Elenco do Santos pressiona Dorival a conceder chance para Vecchio

O futuro do meia Emiliano Vecchio pode mudar nos próximos dias. Preterido pelo técnico Dorival Júnior, o argentino tem se destacado nos treinamentos  e pode ganhar a primeira chance de atuar nesta temporada.

A reportagem apurou que o elenco santista faz pressão para que o treinador volte a utilizar o atleta. O atacante Ricardo Oliveira lidera a campanha e foi o responsável por interceder por Vecchio quando o argentino estava afastado e treinava em horários distintos do elenco profissional.

Além dele, o presidente Modesto Roma e o auxiliar-técnico Elano também pediram a reintegração de Vecchio. Questionado sobre o assunto, o técnico Dorival Júnior já admitiu que acabou com a punição ao argentino. Vecchio é muito querido pelos jogadores do Santos.

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*