Em São Caetano, curso prepara mulheres para o parto normal | Diário Regional

Em São Caetano, curso prepara mulheres para o parto normal

27/05/2017 6:12
Print Friendly

Técnicas de alívio da dor fazem parte do conteúdo da aula. Foto: Divulgação/Evelyn AngelMuitas mulheres se preparam para o nascimento do filho comprando o enxoval, fazendo exercícios, aprendendo sobre os primeiros cuidados com os bebês. Porém, algumas, especialmente as que desejam trazer o filho ao mundo por meio de um parto normal, preparam-se especificamente para este momento. No Espaço Santosha, em São Caetano, há cerca de um ano, gestantes e seus acompanhantes passam por verdadeiro treinamento esperando o grande momento, nos cursos promovidos pela equipe Mamastê.

O curso é feito em apenas um dia, normalmente no primeiro sábado de cada mês. Com cinco horas de duração, o conteúdo traz um panorama geral sobre a realidade obstétrica do país e do ABC; informações básicas sobre a humanização do atendimento ao parto; informações sobre a assistência e as diferentes fases do trabalho de parto. Na região, os nascimentos por cesariana ainda são maioria. Em 2015, segundo dados da Fundação Seade, 63,40% dos bebês nasceram por cirurgia. A Organização Mundial de Saúde recomenda que no máximo 15% dos partos sejam cirúrgicos.

“O curso acontece com no máximo cinco duplas, para que todos possam receber atenção. Normalmente é o pai do bebê quem faz o curso com a gestante, mas é aberto para todos os acompanhantes e é indicado a partir da 27ª semana de gravidez”, explicou a professora de Yoga e doula, Larissa Leal Gonçalves.

Também são realizadas atividades lúdicas, que ajudam a identificar o nível de familiaridade dos participantes com os temas abordados; e atividades práticas que simulam as diferentes fases do trabalho de parto. “O legal é que a dúvida de uma pessoa ajuda a elucidar as de outra”, destacou Larissa.

Informação

A analista de Recursos Humanos Ana Maria de Jesus, moradora de São Caetano, deu à luz a pequena Nicole há menos de um mês, e relatou os benefícios do curso. “Quando procurei já estava decidida a ter um parto normal, mas não tinha mesmo ideia de como seria. A simulação das fases do trabalho de parto me ajudaram a identificar realmente o que estava se passando e fomos para o hospital apenas quando já estava realmente na hora”, relembrou.

Ana Maria também salientou que os ensinamentos ajudaram ao esposo, Jefferson Cardoso, a permanecer atuante durante todo o trabalho de parto e parto. “O curso também o ajudou muito a entender as fases, assim como ajudou a mim. Ele até cortou o cordão umbilical”, pontuou. “Ajudamos o acompanhante a entender que é o guardião do plano de parto, que são os procedimentos que a gestante manifesta que aceita, questões sobre a posição de parir, entre outras”, pontua Larissa.

A professora Priscila Magnanelli Takats, grávida de sete meses, também participou do curso. “Há 21 anos passei por uma cesariana. Dessa vez, vou ter meu filho por um parto normal. Gostei muito, achava que já sabia tudo, mas na verdade tinha ainda muita coisa para aprender. Então, foi muito bom para me sentir um pouco mais tranquila”, pontuou.

Informações sobre o curso podem ser obtidas na página www.espacosantosha.com.br ou na página do Facebook do Mamastê, facebook.com/mamastematerna. O endereço é rua Manoel Augusto Ferreirinha, nº 1278, bairro Bela Vista, em São Caetano. A próxima turma, em 3 de junho, já está completa, mas ainda existem vagas para a turma de julho.

Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: