Santo André aguarda para junho liberação de recursos do BID para reforma de ponte | Diário Regional

Santo André aguarda para junho liberação de recursos do BID para reforma de ponte

18/05/2017 6:49
Print Friendly, PDF & Email

Serra: “as exigências são proporcionais ao risco (do empréstimo)”. Foto: Ricardo Trida/PSAO prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), afirmou que esteve esta semana na Secretaria de Tesouro e no Ministério da Fazenda, a fim de destravar a liberação do empréstimo que a cidade já conseguiu com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para reforma da ponte sobre o rio Tamanduateí, na avenida do Estado, que desabou no início do ano, além de outras obras de mobilidade, no total de US$ 25 milhões (cerca de R$ 80 milhões).

O governo federal é avalista na operação e, por conta disso, segundo o prefeito, a cidade tem de apresentar série de certidões que atestam a capacidade de pagamento do financiamento. “Temos agora uma missão, pequenas tarefas burocráticas, que em algumas semanas devem estar resolvidas. Até o final do mês, mais tarde começo de junho”, relatou. “Devemos ter definitivamente o projeto aprovado para licitar e tirar essas obras do papel ainda este ano”, afirmou.

Serra explicou que as exigências são proporcionais ao risco (do empréstimo). Então, todas as dívidas do município, mesmo aquelas que já estão parceladas, precisam de declarações dos credores de que os débitos estão equalizados. “Incluí aí as dívidas com a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), com o Consorcio Intermunicipal”, citou o tucano.

“O pacote (de obras) inclui os dois viadutos, o Adib Chamas e toda a rotatória de Santa Terezinha. Inclusive, estamos adiantando muito o projeto da ponte para fazermos no lugar correto, porque é um projeto muito maior, as alças da Castelo Branco, e a qualificação dos corredores de ônibus do centro”, pontuou.

Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: