São Bernardo inicia 'Operação Noite Tranquila' contra pancadões | Diário Regional

São Bernardo inicia ‘Operação Noite Tranquila’ contra pancadões

16/05/2017 6:45
Print Friendly

Morando: “nossa ida foi determinante para desmontar o esquema”. Foto: Ricardo Cassin/PMSBCA Prefeitura de São Bernardo, por meio da Guarda Civil Municipal (GCM), promoveu no fim de semana, sua primeira força-tarefa para coibir a realização dos chamados pancadões, que perturbam a população com som alto, atrapalham o trânsito e provocam desordem nas vias públicas. Denominada “Noite Tranquila”, a operação teve também o apoio da Secretaria de Serviços Urbanos, Obras, Transporte e Vigilância Sanitária.

O prefeito Orlando Morando (PSDB) participou das duas primeiras das ações, realizadas nos bairros Vila São Pedro e Jardim Calux. Ao todo, nove localidades foram alvo da operação. As ações foram elaboradas de maneira estratégica, com o objetivo de impedir a instalação dos bailes e aglomeração de pessoas e veículos. Assim, os efetivos foram às ruas a partir das 22h, momento em que os pancadões estão sendo organizados. O efetivo contou com 40 GCMs, fiscais de posturas, vigilância sanitária e de Obras, além de agentes do trânsito.

A iniciativa resultou na apreensão de três carros por irregularidades no trânsito, além de duas motos e oito autuações. Além disso, outros dois veículos foram apreendidos por som alto. Foram realizadas 156 abordagens e vistorias em pessoas suspeitas. As equipes da GCM permaneceram no local para assegurar que novas aglomerações não se formassem, com êxito nos nove pontos monitorados.

A operação foi motivada pelas recorrentes reclamações de moradores, que não conseguem dormir ou transitar em alguns bairros por conta dos bailes funk organizados por alguns estabelecimentos comerciais. A blitz já era realizada rotineiramente pela Guarda Civil. Porém, a administração potencializou a ação com a integração das secretarias e deve se estender a diversos pontos do município.

Infrações

Na Vila São Pedro, o efetivo da GCM chegou por volta das 23h. Várias infrações foram constatadas na chegada ao local, como som alto, invasão de calçadas com mesas e cadeiras de bares, perturbação da ordem e bloqueios de vias públicas. Dois comércios foram notificados pelas irregularidades cometidas.

“Chegamos ao bairro no momento em que alguns estabelecimentos começavam a invadir as calçadas, a bloquear ruas, além de estarem com o volume do som acima do que é regulamentado por lei. Nossa ida foi determinante para desmontar o esquema”, explicou Morando.

Já no Jardim Calux a força-tarefa chegou às 23h55. Uma das vias já estava interditada para a realização de um baile ao ar livre, também com som excessivamente alto, carros bloqueando outras vias e algazarra. Neste ponto, foram apreendidos três jovens portando entorpecentes.

“A população sofre com este grave problema, com baderneiros que bloqueiam ruas e tiram o sossego dos moradores. Aqui foram apreendidas drogas, mo­to irregular, além de ser desfeita a obstrução da via pública”, destacou o prefeito.

A administração municipal conta com a participação popular por meio de denúncias, que podem ser feitas no número 153, com a Guarda Municipal.

Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: