Brasileirão, Esportes, Futebol

Wilson Júnior mostra otimismo durante apresentação no São Bernardo

Wilson Júnior e Renato Peixe têm história no futebol do São Bernardo. Foto: DivulgaçãoA nove dias de iniciar a principal competição de sua história, o Campeonato Brasileiro da Série D, o São Bernardo apresentou formalmente, ontem (11), o técnico Wilson Júnior e o auxiliar Renato Peixe. Os dois profissionais chegam com a missão de remodelar o elenco para o nacional e comandar o corpo técnico do clube.

Apesar de a apresentação ter ocorrido somente ontem, os profissionais já comandam os treinos do Tigre há mais de duas semanas.

Com muita história no clube desde os tempos de goleiro, Wilson Júnior se diz muito feliz por voltar ao time do ABC. “Tive linda passagem pelo clube como atleta e, depois, o São Bernardo praticamente foi minha primeira oportunidade como treinador. Voltar ao clube que te abriu as portas é muito especial. Principalmente na cidade em que nasci. Estou muito animado com mais essa oportunidade no Tigre”, comentou.

O peso de comandar o São Bernardo em sua estreia em um campeonato brasileiro não será problema para Wilson Júnior. Para o treinador, os trabalhos serão intensos visando o acesso à Série C.

“Não é de hoje que o São Bernardo merece disputar o Brasileiro e aconteceu de eu ser o comandante neste momento histórico. A comissão técnica e a diretoria têm trabalhado em sincronia e com muita responsabilidade. Todos estão otimistas com esse início de trabalho”, prosseguiu o técnico. “Acreditamos que estamos no caminho certo para brigar pelo acesso. Claro que não será fácil, mas estamos montando um elenco com total capacidade de buscar esse objetivo.”

Renato Peixe, auxiliar-técnico de Wilson Júnior, também tem história no São Bernardo. Como atleta, o ex-la­teral-esquerdo atuou 125 ve­zes com a camisa do Tigre.

“Desde que cheguei aqui, em 2008, o clube virou minha casa. Mesmo depois, eu segui acompanhando o time. Aceitei esse convite porque eu e o Wilson temos pensamento igual sobre futebol. Tem muita coisa que aprendi dentro de campo e que poderei transmitir para a formação e evolução dos jogadores do elenco”, disse Renato.

A estreia do Tigre na Série D ocorre no dia 21 de maio, fora de casa, diante do Novo Hamburgo. O time está no Grupo A16, que ainda tem os catarinenses do Inter de Lages e Foz do Igua­çu-PR.

Até o momento, são seis os reforços contratados para a disputa da Série D: o meia Thiago os atacantes Joh­nny e Ricardinho, todos oriundos do Juventus; o zagueiro Douglas, ex-Veranópolis-RS; e o atacante Edson Junior e o meio-campista Luiz Felipe, ambos contratados junto ao Atlético Goianiense.

Novo Hamburgo confirma presença na Série D e anuncia novo treinador

Depois de surpreender o país com o título do Campeonato Gaúcho, o Novo Hamburgo terá grupo totalmente remodelado para a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro, a começar pelo técnico. Beto Campos não seguirá no clube, que anunciou Ben Hur Pereira para o cargo ontem (11).

O novo treinador é conhecido do clube. Pereira comandou o time na Série D do ano passado e também na campanha do vice-campeonato da Copinha do Rio Grande do Sul, no final da temporada. Em 2017, classificou o Cruzeiro-RS em segundo lugar na primeira fase do Gauchão, mas acabou eliminado pelo Inter nas quartas de final.

Também ontem, o Novo Hamburgo anunciou à imprensa que vai mesmo jogar a Série D, apesar dos problemas financeiros.

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*