Em 20 dias, programa 'Saúde Prioridade' atende 35 mil pessoas em São Bernardo | Diário Regional

Em 20 dias, programa ‘Saúde Prioridade’ atende 35 mil pessoas em São Bernardo

21/04/2017 6:55
Print Friendly, PDF & Email

Em visita ao Hospital  de Clínicas, Orlando Morando e o secretário Geraldo Reple conversaram com pacientes. Foto: Gabriel Inamine/PSBC

Em 20 dias exatos após a sua instituição, o “Programa Saúde Prioridade” da Prefeitura de São Bernardo garantiu o atendimento de 35 mil pessoas, que aguardavam por consultas e exames pelo município. O número representa exatamente a metade da demanda, até então, no município.

Durante apresentação aos números, o prefeito Orlando Morando (PSDB), o secretário da Saúde, Geraldo Reple, e a coordenadora do projeto “Saúde Prioridade”, Amanda Tavares, atribuíram ao sucesso da ação ao compromisso da administração municipal em priorizar e oferecer um serviço de qualidade a todos os munícipes de São Bernardo.

“Demos prazo de até 120 dias para encerrar toda a demanda que herdamos da antiga gestão. Em 20 dias, já conseguimos atender metade das pessoas que estavam esperando para fazer um exame ou receber atendimento médico. Estou muito realizado e tenho certeza que antes do prazo vamos finalizar essas filas, e o mais importante, não vamos permitir que outras filas sejam formadas na minha gestão”, destacou Morando.

O prefeito visitou o Hospital de Clínicas e entregou o exame número 15 mil a Iraci Silva Matos. A munícipe, de 60 anos, foi chamada até o hospital para fazer tomografia na coluna. Iraci aguardava na fila de espera há quatro meses e agradeceu pelo trabalho que está sendo realizado na Saúde do município.

“Estava sentindo fortes dores na coluna e no joelho, fiquei surpresa quando um agente de saúde foi até a minha casa entregar um protocolo de agendamento. Cheguei aqui no hospital e fui muito bem atendida. Devo um agradecimento especial ao prefeito”, disse a paciente.

Entre as consultas, os maiores números de pacientes atendidos foram nas áreas de reumatologia, cirurgia vascular e cardiologia. Antes do projeto ser lançado, a fila de espera por reumatologia era de 2.083, hoje está zerada. Para cirurgia vascular, a fila anteriormente era de 3.876 e atualmente é de 1.878. Já na cardiologia, a fila era de 2.850 atendimentos, sendo reduzida 2.137 demandas. Em relação aos exames, os procedimentos que apresentam maior complexidade são os que utilizam imagem: tomografia, ressonância, ultrassonografia e mamografia.

Pendências

O “Saúde Prioridade” foi lançado no último dia 30, com objetivo exclusivo de zerar pendências nos atendimentos. O município herdou uma fila de espera com 70 mil demandas reprimidas (49.575 consultas e 21.051 exames). Para isso, a agenda de alguns médicos foi reajustada, o que permitiu a ampliação das ofertas por consultas, sem qualquer aumento de custos à administração da cidade.

Também foram firmadas parcerias com a Santa Casa de Misericórdia, com a Associação Paulista de Medicina e com as Clínicas DunaCor e FluxoSS. Essas instituições estão oferecendo atendimento gratuito a todos os munícipes de São Bernardo em horário normal (8h às 19 horas).

Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: