Corinthians pega o Atlético-PR para salvar temporada | Diário Regional

Corinthians pega o Atlético-PR para salvar temporada

26/11/2016 6:10
Print Friendly

Oswaldo de Oliveira tenta evitar derrota que faria de 2016 um ano perdido para o clube. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansO Corinthians busca hoje (26), às 21h, contra o Atlético-PR, em Itaquera, evitar que a temporada termine sem nada que a fiel possa celebrar.

Se perder o jogo no Itaquerão, 2016 pode se tornar o primeiro ano desde 2008, quando o Corinthians jogou a Série B nacional, em que o clube não consegue nenhum título de expressão ou ao menos vaga na Copa Libertadores do ano seguinte.

Para que isso aconteça, basta que o alvinegro (atual sétimo colocado, com 54 pontos) seja derrotado e que o Botafogo (quinto, com 55) vença seu confronto com a Ponte Preta, também hoje, às 20h, no Rio de Janeiro.

Dessa forma, tanto o Botafogo quanto o Atlético-PR (que está em sexto, com os mesmos 55 pontos) chegariam a 58 pontos e não poderiam mais ser alcançados pelo Corinthians na última rodada.

A última vez que o alvinegra não conseguiu se classificar para a Libertadores foi em 2013, quando terminou o Campeonato Brasileiro na décima posição.
Naquele ano, no entanto, o time já havia conquistado dois títulos na primeira metade da temporada: o Paulista e a Recopa Sul-Americana.

Em 2009, o time também terminou o Brasileiro em décimo, mas conquistou o Paulista e a Copa do Brasil. Em 2012, o clube terminou o Nacional em sexto, fora da zona de classificação para o torneio continental, mas com os troféus da Libertadores e do Mundial de Clubes.
Nas demais temporadas, o clube sempre conseguiu ficar entre os quatro primeiros colocados do Brasileiro.

Regresso

O meia Rodriguinho, que cumpriu suspensão na vitória por 1 a 0 sobre do Internacional, na última segunda-feira, volta à equipe titular contra o Furacão.
Com isso, o lateral esquerdo Uendel – que atuou no meio-campo na última rodada – retorna para sua posição original no lugar da Guilherme Arana, que volta para o banco de reservas.
Giovanni Augusto e Lucca também serão relacionados após cumprir suspensão, mas devem ficar no banco de reservas, assim como o meia-atacante Guilherme, recuperado de lesão na coxa direita. “Se não pudermos participar de fase eliminatória (da Libertadores), vai ficar um vazio, vai fazer falta”, comentou o técnico Oswaldo de Oliveira.

Jejum

Faz tempo que o Atlético-PR não sabe o que é uma vitória fora de casa. Desde 11 de julho, quando bateu o Cruzeiro, o time rubro-negro amarga incômodo jejum longe de seus domínios, o que aumenta a esperança corintiana para esta noite.

Mesmo na quinta colocação do Brasileiro, o time paranaense somou apenas 15% dos pontos que disputou como visitante. O aproveitamento é superior apenas ao alcançado por América-MG (7%) e Figueirense (13%), ambos já rebaixados para a Série B.

Apesar do retrospecto ruim do Atlético-PR fora da Arena da Baixada,  Oswaldo de Oliveira prefere alertar seus jogadores. “É um dos times mais organizados que enfrentei no campeonato. É muito difícil de ser batido”, afirmou o treinador.

Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: