Sistema VcSBC já registra 12 mil solicitações | Diário Regional

Sistema VcSBC já registra 12 mil solicitações

14/01/2016 11:00
Print Friendly

vcsbcPremiado mês passado em concurso internacional de inovação em gestão pública promovido pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o sistema on-line de zeladoria urbana da Prefeitura de São Bernardo, o VcSBC, recebeu 12.308 solicitações de serviços desde que foi criado, em junho de 2015.

Do total de pedidos, 8.338 foram concluídos (68%) e 518 (4%) classificados como improcedentes, visto que integram outros canais de atendimento ou não são de responsabilidade da Administração municipal. Tapa buracos e poda de árvores lideram a lista de solicitações. O levantamento aponta que 37,8% das solicitações se deram pela Internet (via celular ou tablet), 15,9% pelo teleatendimento (0800-77-01-156) e 46,3% presencialmente.

A iniciativa é uma parceria da Prefeitura com o Instituto TIM. O prêmio “Governarte 2015” avalia experiências administrativas de órgãos públicos de toda a América Latina e Caribe.

O sistema VcSBC foi escolhido o melhor na categoria “Cidades e Big Data”. Também foi vencedora nessa categoria uma ação da prefeitura de Fortaleza sobre mobilidade urbana. Na outra categoria do concurso, “Cidades e Registro de Pessoas”, foram vencedoras experiências das cidades de Miranda (Venezuela), Sacatepéquez (Guatemala) e Guayaquil (Equador). A cerimônia de premiação deve ocorrer no primeiro quadrimestre deste ano.

Para chegar aos cinco vencedores, um painel de especialistas em gestão pública e inovação avaliou 95 experiências da América Latina e do Caribe. O fomento à criatividade e o nível de modernização da gestão pública foram alguns dos critérios levados em conta para definir os premiados.

Pelo VcSBC os moradores podem solicitar on-line, através do celular ou tablet, mais de 100 serviços da Prefeitura, como de varrição de vias, coleta de lixo, poda de árvores, manutenção de áreas verdes e reparos de buracos na rua. O sistema, que conta com tecnologia de geolocalização, permite, inclusive, anexar e mandar fotos para ilustrar as demandas.

Para relatar e pedir providências quanto aos problemas detectados na cidade, o morador deve se cadastrar, escolher o tipo de serviço, indicar a localização geográfica da ocorrência e postar uma foto. A partir daí é gerado um protocolo e o demandante é informado do andamento de sua solicitação. Com o sistema, o usuário pode conhecer as demandas de outros munícipes. O VcSBC não identifica os solicitantes.

Para Tarcisio Secoli, secretário de Serviços Urbanos de São Bernardo e um dos gestores do VcSBC, o prêmio é a prova de que o investimento feito pela Prefeitura em tecnologia foi acertado. “Estamos usando as ferramentas tecnológicas para fazer com que o munícipe possa informar em tempo real demandas de manutenção da cidade e contribuir, dessa forma, para a melhoria na qualidade de vida de todos.”

O aplicativo pode ser acessado no site da Prefeitura, www.saobernardo.sp.gov.br, ou baixado diretamente, e de forma gratuita, para smartphones e tablets que operem com os sistemas Android e IOS.

Com o VcSBC a Administração pode gerir melhor os dados e informações referentes aos serviços de zeladoria da cidade, aumentando, assim, a capacidade de planejamento, execução e monitoramento. O objetivo é aproximar ainda mais os serviços públicos municipais dos cidadãos.

Inventário de árvores – O aplicativo também permitiu a criação de um inventário arborizado na cidade. Foram catalogadas, em 500 quilômetros lineares, mais de 20 mil árvores. Esse mapeamento identifica as espécies e os problemas visíveis de saúde, entre outras características das plantas.

Sistema on-line de zeladoria urbana da Prefeitura de São Bernardo recebeu 12.308 solicitações de serviços desde que foi criado - foto: Nilson Sandre



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: