Justiça Eleitoral faz plantão no fim de semana | Diário Regional

Justiça Eleitoral faz plantão no fim de semana

03/05/2014 3:31
Print Friendly

Os cartórios eleitorais de vários Estados estarão abertos neste fim de semana, em regime de plantão, para atender aos eleitores que desejam tirar o título de eleitor pela primeira vez ou pedir a transferência de domicílio eleitoral, em tempo de participar das eleições deste ano.

O prazo para o eleitor que pretende procurar os dois serviços termina na próxima quarta-feira (7). O prazo vale também para pessoas com deficiência solicitarem transferência para seções adaptadas. O primeiro turno das eleições será realizado no dia 5 de outubro.

Para resolver as pendências, é necessário procurar o cartório eleitoral mais próximo. Quem vai tirar o título pela primeira vez deve levar documento oficial com foto, o comprovante de residência e o certificado de quitação do serviço militar.

A transferência do domicílio eleitoral para outra cidade, por sua vez, exige do eleitor um documento oficial de identificação com foto, o título de eleitor e um comprovante de residência. Algumas regras devem ser observadas, como não ter pendências com a Justiça Eleitoral, residir no endereço atual há mais de três meses, ter tirado o primeiro título ou ter feito a última transferência do documento há pelo menos um ano.
O alistamento eleitoral e o voto são obrigatórios para os maiores de 18 anos e facultativos para os analfabetos, jovens entre 16 e 18 anos e maiores de 70. O jovem que completar 16 anos até 5 de outubro – data do primeiro turno – pode votar nas eleições gerais de 2014, desde que solicite seu título até 7 de maio.
Biometria

Desde o último dia 28 de abril, os cartórios com disponibilidade de cadastramento por biometria deixaram de exigir agendamento. O público será atendido pela ordem de chegada até o fechamento do cadastro em 7 de maio.

É o caso de São Paulo, São Bernardo, Guarulhos e Osasco, municípios com captação biométrica disponível, mas que não usarão o mecanismo nas eleições deste ano e, portanto, não há necessidade de o eleitor ir ao cartório apenas para captar as digitais.

Também é o caso de outros 15 municípios do Estado, cujos eleitorados serão identificados pelas digitais no momento do voto em outubro e, por isso, exigem que todos os eleitores tenham o cadastro digital.

Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: