Lula destaca UFABC durante entrega do título de Cidadão Honorário de Santo André | Diário Regional

Lula destaca UFABC durante entrega do título de Cidadão Honorário de Santo André

01/05/2014 7:30
Print Friendly

Nogueira, Lula, Grana e Pereira durante entrega da homenagem. Foto: Eberly Laurindo especial para o DRO ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu o título de Cidadão Honorário de Santo André ontem (30), em cerimônia no Teatro Municipal.  Na ocasião, petistas e o próprio Lula engrandeceram o partido e os anos de sua administração.

O discurso de agradecimento durou mais de 50 minutos e o ex-líder sindical considerou a Universidade Federal do ABC (UFABC) um grande feito para a região. “Quem iria imaginar que um operário sem diploma universitário poderia criar a universidade que doutores não fizeram para essa cidade?”, desafiou Lula.  Segundo dados informados pelo petista, mais de 11 mil alunos já passaram pela instituição.

Pelas estimativas do governo federal, Santo André recebeu R$ 8,2 bilhões em investimentos desde que Lula assumiu o Palácio do Planalto, em 2003. A importância dada pela gestão petista à região e à cidade também foi defendida pela ministra do Orçamento, Planejamento e Gestão Miriam Belchior, que voltou a dizer que o ex-presidente “colocou o ABC no mapa do Brasil e que colocou o Brasil no mapa mundi”.

Título

Responsável pela concessão do título, o secretário de Relações Institucionais e Projetos Especiais, Tiago Nogueira (PT), afirmou que o partido sofre de preconceito por parte da sociedade por instituir projetos de inclusão social. “Os mesmos que jogaram banana no (jogador) Daniel Alves, na Espanha, são os mesmos que criticam muitas vezes a postura do PT, do Lula, da Dilma”, discursou. Nogueira indicou o título na Legislatura passada, especificamente em 2011.

O prefeito Carlos Grana (PT) recepcionou os chefe do Executivo de São  Bernardo e São Caetano, Luiz Marinho (PT) e Paulo Pinheiro (PMDB), respectivamente, além do tucano de Rio Grande, Luis Gabriel da Silveira, o Gabriel Maranhão.

Conhecido pelo jargão “pimba na gorduchinha”, o radialista Osmar Santos também acompanhou a homenagem, que teve uma ampla defesa da realização da Copa do Mundo. “Não importa quanto vai entrar, a Copa é um encontro de civilizações”, defendeu Lula. Santos foi um dos participantes da campanha Diretas, Já!, que contava com ampla participação de petistas e classe artística.

 

Padilha

Presente na cerimônia, o pré-candidato ao governo do Estado pelo PT, Alexandre Padilha, não fez pronunciamento e evitou falar com a imprensa. O ex-ministro da Saúde deu uma palestra sobre a perspectiva de carreiras da Saúde para cerca de 400 estudantes de cursos técnicos no Clube Primeiro de Maio momentos antes da cerimônia. O petista disse que “quem optou por algo na Saúde não vai faltar emprego” e aproveitou a ocasião para cutucar o governo do Estado, atacando a Segurança Pública e a qualidade das escolas públicas.

Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: