Leitura Coletiva sobre Música amplia conhecimento e repertório dos moradores de Diadema | Diário Regional

Leitura Coletiva sobre Música amplia conhecimento e repertório dos moradores de Diadema

29/04/2014 4:42
Print Friendly

Siqueira: “o projeto incentiva os participantes a conhecer novas canções” . Foto: Marcos Luiz/PMDConhecer a história da música, não importando ser ela erudita ou popular, e também a vida dos artistas que transitam neste universo é a proposta do Projeto Leitura Coletiva Sobre Música que, há oito anos, acontece na Biblioteca Municipal Olíria de Campos Barros, em Diadema. O Projeto é realizado semestralmente e, em cada formação, um compositor ou gênero de música é assunto para o estudo.

Este ano o projeto iniciou atividade na última sexta-feira (25) e desta vez a abordagem é sobre a música e a trajetória do Ludwig van Beethoven. O compositor alemão foi criador de várias obras, entre elas a inspirada Sinfonia nº 9 em Ré Menor, obra mundialmente conhecida, composta quando ele já estava totalmente surdo. Para falar sobre o musicista europeu serão realizados sete encontros e o último acontecerá no dia 13 de junho deste ano.

Os encontros são semanais e têm participações, em média, de 13 integrantes. São pessoas de todas as classes sociais, que às sextas-feiras, das 10h às 12h, comparecem à biblioteca municipal para falar sobre música e trocar ideias. Com o nome “Beethoven – Concertos e Aberturas”, a atividade acontece por meio de leituras do livro homônimo do musicólogo inglês Roger Fiske e de audições das obras do compositor alemão em DVD. Como é uma ação aberta, as inscrições são permanentes e podem participar até 25 integrantes, com idade a partir dos 14 anos.

Segundo Sidival Siqueira idealizador do “Leitura Coletiva” a iniciativa tem o objetivo de despertar o interesse pela música, pela leitura e ampliar os horizontes. “Tenho observado que a maioria das pessoas só ouve músicas da época delas ou no máximo dos anos 40 ou 50. Voluntariamente não buscam outros estilos. O projeto abre essa possibilidade e incentiva os participantes a conhecer novas canções e ampliar o repertório”, afirmou.

Formado em música pela Fundação das Artes de São Caetano, atualmente, Siqueira cursa Letras e Artes na Universidade de São Paulo. Revelou que a ideia de criar o projeto veio de outra ação que a Biblioteca Oliría de Campos Barros realizava e que também envolvia a leitura. “Via as pessoas lendo poesias e imaginei que o mesmo poderia ser feito com a música. Começamos com quatro pessoas e nestes anos todos mais de 200 passaram pelo projeto”, pontuou.

Outros compositores
O Leitura Coletiva Sobre Música foi criado em 2006 e começou com o estudo do livro “História Universal da Música”, de Roland de Candé. Foram três anos de leitura e audições sobre a música clássica, com abordagem desde a Idade Média até o século XXI. Depois vieram as músicas da Ásia e da África, além da popular Norte-Americana, MPB, as sinfonias de Joseph Haydn (1732-1809) e a música de câmara de Mozart (1756-1791).

Nesses anos todos, ainda, foram ouvidas mais de 100 horas de gravações e assistidos mais de 50 concertos das temporadas internacionais da Sociedade de Cultura Artística e do Mozarteum Brasileiro. Muitos desses espetáculos aconteceram na Sala São Paulo e no Teatro Municipal de São Paulo.

O Leitura Coletiva pela qualidade do trabalho que realiza teve reconhecimento do Consulado da Áustria, em São Paulo, e o estudo atual sobre Beethoven está inserido na programação do “Ano Alemanha+Brasil 2013-2014”. Trata-se de uma ação cultural do Governo Alemão e do Instituto Goethe realizada no Brasil, visando estreitar os laços entre os dois países.

Serviço – Projeto Leitura Coletiva Sobre Música – Série “Beethoven – Concertos e Aberturas”. Próximas leituras: dias 9,16, 23 e 30 de maio e 6 e 13 de junho. Local: Biblioteca Municipal Olíria de Campos Barros, avenida Sete de Setembro, 470, Centro. Gratuito. Informações sobre as inscrições nos telefones 4055-9200 e 4055-9208.

Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: