Água Santa assimilou proposta do quadrangular, afirma técnico | Diário Regional

Água Santa assimilou proposta do quadrangular, afirma técnico

27/04/2014 7:37
Print Friendly

O técnico do Água Santa, Márcio Ribeiro, elogiou a frieza de seu grupo, que venceu o Sertãozinho por 1 a 0 ontem (26) no Estádio do Baetão, e assumiu a liderança do Grupo 3 da Série A2 do Campeonato Paulista. A equipe tem jogado “com o regulamento debaixo do braço” e, mesmo sem ser brilhante, deu mais um passo para garantir o acesso à Série A2 em 2015.

“Pegamos um adversário que incomodou demais, mas a equipe assimilou a proposta do quadrangular, está jogando para não perder e, quando aparecem as oportunidades, tem feito os gols. Porém, tenho dito aos jogadores que, até agora, foi fácil. A dificuldade está sempre por vir”, disse Ribeiro, após o confronto de ontem.

O técnico acredita que, com dez pontos, o Água Santa garantirá o acesso, mas alertou para o fato de que o São José B ainda não pontuou na segunda fase, o que pode aumentar a exigência. “Ainda é muito cedo para falar em acesso. Vamos a Sertãozinho buscar, quem sabe, um pontinho e, depois, definir a vaga diante de nossa torcida contra uma grande equipe (o Novorizontino)”, disse.

Márcio Ribeiro voltou a elogiar o elenco e, em especial, o atacante Marcelinho, que entrou no segundo tempo e fez o gol da vitória do Netuno, o sétimo dele na competição. “Marcelinho e Limão têm entrado e dado conta do recado. Ele só não pode perder o gol que perdeu”, afirmou o técnico, referindo-se à chance que o jogador desperdiçou para ampliar o placar, aos 38 minutos.

O técnico preferiu não dar ao atacante o rótulo de “talismã” do Água Santa. “Sé é o talismã, não sei. O que sei é que treinamos o Marcelinho para isso: puxar o contra-ataque e ele tem feito isso com muita qualidade. No dia em que não der certo pode ser que a gente não sirva mais (para o clube), mas por enquanto está funcionando”, brincou.

Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: