Clube pede paciência a Mano para contratar | Diário Regional

Clube pede paciência a Mano para contratar

26/04/2014 5:26
Print Friendly

Mano Menezes: “Quanto mais valorizado o jogador, mais difícil é (contratá-lo)”. Foto: Daniel Augusto Jr./Agência CorinthiansApesar da urgência demonstrada por Mano Menezes, a diretoria do Corinthians pede paciência para contratar o atacante pedido pelo treinador. Mano acredita que o elenco alvinegro precisa de mais uma opção ofensiva para o Campeonato Brasileiro. O Corinthians foi um dos times a fazer sondagem ao Benfica a respeito de Alan Kardec. Porém, é uma contratação possível apenas se o Palmeiras não exercer a preferência para comprar o jogador, que vale até o final de maio.

“O Palmeiras tem a preferência e está com tempo para contratá-lo. É um grande nome, claro. Porém, não temos como falar nada sobre ele, por enquanto”, disse o diretor de futebol corintiano, Ronaldo Ximenes. O clube alviverde tem até o fim de maio para exercê-la.

O Corinthians pode se dar bem com a negociação de Alan Kardec mesmo que não contrate o jogador. A reportagem apurou que o Grêmio reúne grupo de investidores para pagar os 4 milhões de euros (R$ 12,3 milhões) necessários para tirar Kardec do Benfica. O time gaúcho já tem, atualmente, várias opções no ataque, que poderiam ser colocadas em disponibilidade do mercado, Atualmente, são sete atacantes no elenco do Grêmio. Nomes como Barcos, por exemplo, interessam.

O pai de Alan Kardec, que tem o mesmo nome do filho, admite propostas de outras grandes equipes brasileiras, mas evita falar em nomes para não atrapalhar a negociação com o Palmeiras.
Ouvido sobre o assunto durante entrevista coletiva concedida ontem, o técnico – que participa ativamente do assunto internamente e já falou abertamente sobre outras negociações – também não quis polêmica. “Não vou abordar probabilidades. Vocês sabem como me conduzo nas negociações. (Kardec) É um jogador valorizado. Quanto mais valorizado, mais difícil é”, disse.

Ucrânia
O Corinthians tem mais um motivo para esperar a Copa do Mundo antes de fechar com um atacante. O mercado europeu estará aberto a partir de 1º de julho e a diretoria acompanha a situação dos brasileiros na Ucrânia. O país vive instabilidade política e o agravamento da crise pode fazer com que vários deles queira voltar ao futebol brasileiro. Wellington Nem, Luiz Adriano, Taison (todos do Shakhtar Donetsk) seriam algumas das opções.

Depois de começar o Brasileiro, contra o Atlético-MG, com Luciano e Romarinho, Mano Menezes testou a equipe com três atacantes ontem. Guerrero entrou na equipe titular. O trio pode ser escalado desde o início domingo, contra o Flamengo, no Pacaembu.

Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: