ABC tem esquema especial de vacinação contra gripe hoje | Diário Regional

ABC tem esquema especial de vacinação contra gripe hoje

26/04/2014 7:39
Print Friendly

Meta é vacinar 80% dos grupos considerados de risco. Foto: ArquivoNo Dia de Mobilização Nacional contra a Gripe, hoje (26), a Prefeitura de São Bernardo tem esquema especial de vacinação. As Unidades Básicas de Saúde (UBSs) funcionarão exclusivamente para a imunização e haverá esforço concentrado para vacinar pessoas acamadas e com dificuldades de locomoção. Também neste sábado, as UBSs darão continuidade à campanha de prevenção do câncer bucal. Durante o dia da mobilização nacional, as 32 UBSs do município estarão abertas das 8h às 17h, exclusivamente para atender à campanha. Pais e responsáveis devem levar a carteirinha de vacinação dos filhos para possíveis atualizações.

Em Santo André, os postos fixos e volantes estarão abertos para aplicar as doses, das 8h às 17h. Ações simultâneas no calçadão da Oliveira Lima, no largo do Quitandinha e na Unidade de Saúde Parque Miami farão parte da força-tarefa para garantir a imunização dos grupos prioritários. A campanha segue até o dia 9 de maio.

No total, serão 37 pontos entre unidades de Saúde, Centros de Especialidades e postos volantes no supermercado Coop do bairro Ipiranguinha, Carrefour Pedro Américo e hipermercados Extra e Coop na Vila Luzita. Neste ano, o IPSA (Instituto de Previdência de Santo André) também será posto de vacinação. As doses serão aplicadas das 11h às 15h30 – somente de segunda a sexta-feira.

Hoje, as 23 Unidades Básicas de Saúde de Mauá estarão abertas para aplicação da vacina contra a gripe. O atendimento será das 8h às 17h e ao final do dia espera-se ter alcançado 20% da população alvo.
Ribeirão Pires também participa do dia “D” da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe. Todas as Unidades Básicas de Saúde da rede municipal disponibilizarão doses da vacina das 8h às 17h. Equipe da Secretaria de Saúde e Higiene da cidade também estará neste horário na sala de enfermagem do Terminal Rodoviário.

Público-alvo
Em relação às campanhas anteriores, a novidade deste ano é o acréscimo da faixa etária de 2 anos a 5 anos incompletos. No ano passado, a vacinação de crianças era dirigida apenas aos menores de 2 anos. A meta estipulada pelo Ministério da Saúde é vacinar 80% dos grupos considerados de risco em relação à gripe, que são as crianças de seis meses a menores de 5 anos, pessoas com 60 anos ou mais, trabalhadores de saúde, gestantes, puérperas (até 42 dias após o parto), e portadores de doenças crônicas, além de detentos e funcionários do sistema prisional.

A maioria da população precisa de apenas uma dose da vacina para se proteger da gripe. A exceção fica por conta das crianças menores de 5 anos, que, ao serem vacinadas pela primeira vez, necessitam de uma segunda dose para serem imunizadas. Recomenda-se que a segunda dose seja aplicada 30 dias após a primeira. As crianças que já tomaram duas doses em anos anteriores só precisam se vacinar uma vez nos anos seguintes.

Palavras-chave:


1 Comentário

  • Quero saber onde está a coerência e justiça desse programa de vacinação contra a gripe, quando prioriza presidiários ao invés de vacinar trabalhadores que são os que movem e sustentam este País .

Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: