Orçamento Participativo terá extensão virtual em Santo André | Diário Regional

Orçamento Participativo terá extensão virtual em Santo André

25/04/2014 7:49
Print Friendly

Laranjeira, Grana e Souza, durante o lançamento do OP. Foto: Diego Barros/PMSAOs moradores de Santo André vão poder votar e sugerir melhorias para a cidade pela internet. Essa é a novidade da retomada do Orçamento Participativo (OP), ferramenta pela qual, ao menos teoricamente, os cida­dãos podem ser ouvidos e consultados a respeito de projetos e equipamentos públicos a serem instituídos na cidade.

O internauta deverá se cadastrar e informar o CEP para ser direcionado a uma espécie de grupo onde poderá sugerir proposta para a região onde mora e outra para a cidade a partir de 8 de maio. Depois de um mês, as alternativas serão postas em votação na web, resultando em propostas para a cidade e outras para as 20 macrorregiões.

A prefeitura espera atrair, sobretudo, propostas de jovens de 15 a 29 anos. “Não conseguimos dialogar com a juventude durante o processo de planejamento da cidade”, reconheceu o prefeito Carlos Grana (PT), acrescentando que essa faixa etária é a que menos participou das plenárias do Plano Plurianual Participativo (PPA) realizadas ao longo de 2013.

Serão realizadas 20 plenárias presenciais agendadas entre 6 de maio a 6 junho. Nessas atividades, as comunidades vão deliberar sobre uma proposta para Santo André e outras duas para seus bairros, resultando, ao fim, em 20 pedidos para a cidade e outras 40 regionais. Cerca de 10 mil pessoas são esperadas nessas reuniões.

Segundo o secretário de Orçamento e Planejamento, Alberto Alves de Souza (PT), uma equipe com 20 funcionários da prefeitura vai analisar as propostas cadastradas no site, tanto para evitar trotes e possíveis demandas de manutenção, como poda de arvores. “Trata-se do mesmo OP, porém com duas modalidades de participação”, garantiu. A prefeitura tem de encaminhar a peça orçamentária para o exercício de 2015 até o recesso da Câmara.

Cerca de 500 comissionados foram convocados para distribuir jornais e mobilizar a população a participar das plenárias. A ação será realizada no próximo domingo (27).

Planejamento
Não haverá audiências públicas do OP no próximo ano, já que as atividades realizadas a partir de maio devem contemplar o biênio 2015-2016. “Vamos fazer apenas uma prestação de contas do que foi realizado e planejado”, disse o prefeito. No ano das Olimpíadas do Rio de Janeiro, a prefeitura vai realizar novas plenárias para avaliar demandas para 2017-2018.

Crianças
O Paço também espera desde o início do mês sugestões de crianças de quatro a 10 anos, que somam 35 mil alunos das creches e Escolas Municipais de Ensino Infantil e Fundamental (Emeifs). Os pequenos indicam melhorias para a escola, região e cidade. “Tem também um caráter pedagógico e educativo para que as crianças já aprendam o exercício de cidadania. São propostas absolutamente reais e legítimas”, afirmou o secretário.

Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: