São Paulo joga mal e sofre virada do CRB | Diário Regional

São Paulo joga mal e sofre virada do CRB

24/04/2014 3:33
Print Friendly

Alexandre Pato teve atuação apagada ontem à noite no Rei Pelé. Foto: Rubens Chiri/SPFCAdemílson fez ontem o gol mais bonito do São Paulo em 2014, ao acertar bicicleta perfeita. Porém, nem assim a equipe conseguiu bater o CRB, em Maceió (AL), pela segunda fase da Copa do Brasil. O time fez uma das piores apresentações da temporada e foi derrotado por 2 a 1, de virada, após falha do goleiro Rogério Ceni e expulsão de Rodrigo Caio.

Para avançar à terceira fase, o São Paulo terá de vencer por 1 a 0 ou por dois gols de diferença se sofrer gols. Se ganhar por 2 a 1, a definição da vaga será nos pênaltis. O jogo de volta será realizado no dia 7 de maio, no Estádio do Morumbi.

Ontem, o time não conseguiu repetir a atuação empolgante da vitória contra o Botafogo, no domingo, quando fez 3 a 0 pelo Campeonato Brasileiro. Para Rogério Ceni, faltou manter a mesma produtividade. “Fomos apáticos e jogamos muito abaixo da partida contra o Botafogo. Não merecíamos um resultado melhor do que esse”, disse o goleiro à TV Globo.

O técnico Muricy Ramalho até repetiu o mesmo esquema tático, com uma mudança na escalação: Ademílson entrou na vaga de Luis Fabiano, poupado da viagem. Em baixa, o atacante de 20 anos não era titular há um mês, mas foi responsável pelo único lance que animou os são-paulinos na partida.
Aos 24 minutos do primeiro tempo, Ademílson fez um golaço de bicicleta, repetindo Leônidas da Silva – ídolo tricolor nos anos 40, a quem é atribuída a invenção da jogada.

Porém, o São Paulo se acomodou e diminuiu o ritmo. Foi o suficiente para o CRB crescer na partida e buscar o empate. Em um lance de ataque, Rogério Ceni errou o tempo da saída do gol e cometeu pênalti em Diego Rosa. Tozin empatou, aos 33 minutos.

Segundo tempo
O time ainda perdeu Rodrigo Caio, expulso aos 13 minutos do segundo tempo, em falha da arbitragem. O zagueiro são-paulino deu um carrinho para desarmar Diego Rosa, mas não atingiu o rival, que simulou o choque e cavou a expulsão.

Com um jogador a menos, o São Paulo ficou acuado no campo de defesa e não atacou. Em nova falha defensiva, o CRB virou o marcador. Alvaro Pereira permitiu o cruzamento de Diego Aragão, a bola desviou em Antonio Carlos e sobrou para Diego Rosa, livre, marcar: 2 a 1.
No final, a torcida do CRB gritou “olé” e comemorou a primeira vitória contra o São Paulo. Até então, em três jogos, o time alagoano havia perdido todas.

Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: