Leandro ‘esquece’ gol perdido contra Ituano | Diário Regional

Leandro ‘esquece’ gol perdido contra Ituano

24/04/2014 3:41
Print Friendly

Leandro: “momento ruim faz parte”. Foto: Cesar Greco/Agência PalmeirasNo jogo que acabou com a primeira chance de título do Palmeiras no ano de seu centenário, Leandro teve chance clara diante do goleiro e a desperdiçou bisonhamente quando ainda estava 0 a 0 a partida que terminou com vitória do Ituano em Pacaembu cheio, pelas semifinais. Aquele lance, contudo, não passa mais pela cabeça de seu protagonista. Embora eliminado e derrotado na semifinal do Campeonato Paulista, o atacante se diz um vencedor.

Escolhido para dar entrevista coletiva ontem (23), o jogador de 20 anos foi bastante econômico nas palavras ao responder se ainda lembrava daquela jogada. “Não”, limitou-se a falar Leandro – que, na saída daquele jogo, avisou que “ainda perderia outros gols daquela forma”.

O camisa 38 mostra que não sofreu influência negativa da frustrante derrota, tanto que avalia que voltou a fazer gol “na hora certa” ao balançar as redes contra o Criciúma, no domingo, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. “Passei por momento sem gol no Paulista, mas faz parte. Sempre falei que estava bem tranquilo porque o gol ia chegar naturalmente, e chegou na hora certa.”

Leandro teve complicada renovação com o Palmeiras devido ao acerto salarial e até perdeu parte da pré-temporada por isso. O clube apostou tanto em seu futebol que obteve R$ 8 milhões para ficar com 64% de seus direitos econômicos. Porém, neste ano, foram só três gols em 13 jogos.

Artilheiro do Palmeiras em 2013, com 19 gols, Leandro acredita que pode repetir a marca neste ano. “Capacidade para isso, eu tenho”, disse o jogador, que fez três gols em 2014: contra o Atlético Sorocaba, no Paulistão; contra o Vilhena, pela Copa do Brasil; e na estreia pela Série A.

De volta da Seleção Brasileira olímpica, que se prepara para o Torneio de Toulon, que será realizado no próximo mês, o jogador comemorou o período em que esteve concentrado com o grupo em Mogi das Cruzes. “Seleção é privilégio, na base ou no principal”, disse Leandro.

Convocação
O jogador, porém, negou que a convocação tenha influenciado no aumento de confiança para a estreia na Série A. “Para falar a verdade, não influenciou em nada”, afirmou o atacante – que, assim como Valdivia, Leandro pediu a permanência de Alan Kardec e Wesley. “Kardec e Wesley fazem muita diferença. Estamos torcendo para eles ficarem”, disse Leandro. “Alan é um jogador que ajuda muito na marcação. Volta a todo o momento e colabora muito com o time”, elogiou. (Agências)

Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: