São Paulo começa a se despedir de Ceni | Diário Regional

São Paulo começa a se despedir de Ceni

20/04/2014 7:58
Print Friendly

Ceni já avisou que vai encerrar a carreira em dezembro. Foto: Davi Ribeiro/Fotoarena/FolhapressO São Paulo estreia hoje (20) no Campeonato Brasileiro contra o Botafogo, às 16h, no Morumbi, em busca do sétimo título nacional. Porém, independentemente do resultado que alcançar ao final da disputa, o campeonato já terá valor histórico para o clube.

O Nacional deste ano será o último do goleiro e capitão Rogério Ceni. O jogador já confirmou que encerrará a carreira ao final da temporada e espera fazer isso com o título. Aos 41 anos, Ceni jogou as últimas 21 edições e foi campeão em 2006, 2007 e 2008. Para ele, o Brasileirão só perde em importância para a Copa Libertadores, sua disputa preferida.

Muricy Ramalho e a comissão técnica veem a equipe mais motivada e unida neste ano. Em 2013, eram comuns discussões e reclamações de jogadores que não atuavam como titulares. O grupo tem como objetivo premiar a despedida de Ceni com a taça ou, na pior das hipóteses, com a vaga na Libertadores do próximo ano. “Nada mais justo do que conquistar o título e oferecê-lo ao Rogério, o maior ídolo do clube”, afirmou o atacante Osvaldo, na última semana.

Outro fator de motivação foi a troca de diretoria. Carlos Miguel Aidar, 67, assumiu a presidência na última semana e disse ver o futebol muito acomodado. O dirigente quer usar as primeiras rodadas da competição para avaliar o elenco. Como o Campeonato Brasileiro será interrompido após nove rodadas, por causa da Copa do Mundo, é possível que muitas transformações prometidas por Aidar sejam feitas durante a disputa do Mundial no Brasil.

Prêmio
Neste final de semana, Rogério Ceni reencontrará o rival que o fez estabelecer importante marca com a camisa do Tricolor. Contra o time carioca, durante o Campeonato Brasileiro de 2013, o goleiro superou Pelé e se tornou o recordista em número de jogos pelo mesmo time, com 1.117 partidas (1.081 em jogos de competição).

Agora com 1.136 jogos, Rogério Ceni receberá a oficialização do Guinness Book não apenas daquele, mas também de outro recorde: é o atleta de futebol que mais vezes jogou como capitão de seu time, com 866 jogos de competição até 24 de novembro de 2013 (atualmente são 885). Terá ainda seu recorde de gols atualizado até os 113 que tinha até 13 de novembro de 2013 (hoje são 114).

Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: