Lusa não jogará Série B até o fim de ‘novela’ | Diário Regional

Lusa não jogará Série B até o fim de ‘novela’

20/04/2014 7:38
Print Friendly

A Portuguesa afirmou à Folha de S.Paulo, por meio do seu advogado, que não vai disputar a Série B do Campeonato Brasileiro até o fim do imbróglio na Justiça. Isso significa que a equipe não entrará em campo no próximo sábado, contra o Santa Cruz, no Canindé, pela segunda rodada.

Segundo José Luiz Ferreira de Almeida, advogado da Portuguesa, a decisão do clube tem respaldo judicial. O especialista se baseia na liminar (decisão de caráter provisório) conseguida pelo torcedor Renato de Britto Azevedo, em de 10 de abril, que garante a Portuguesa os quatro pontos perdidos na última Série A – assim o clube não seria rebaixado à segunda divisão nacional.

“Com a liminar que mantém a Portuguesa na Série A, não jogaremos no próximo sábado. O time vai treinar durante a semana, mas não terá jogo. Vamos aguardar a nova tabela (da Série A)”, afirmou Almeida ontem (19), em entrevista concedida no Canindé.

O advogado da Portuguesa também assegurou que, mesmo que a liminar seja derrubada, a Portuguesa trabalha com uma data limite para jogar. “Se isso ocorrer, a diretoria vai se reunir, mas (a cassação da liminar) tem de ocorrer até no máximo quinta-feira. Se houver uma decisão de ultima hora, na sexta-feira, é evidente que não terá jogo sábado”, disse Almeida.

“A Portuguesa está respaldada por uma ordem judicial que diz que o clube está na Série A. A matéria é jurídica e não tem o que discutir”, completou. A liminar que assegura a presença da Lusa na Série A foi emitida pela 3ª Vara Cível de São Paulo. Na noite da última sexta-feira, o time abandonou a partida contra o Joinville, em Santa Catarina, aos 16 minutos do primeiro tempo.

O técnico Argel Fucks e os jogadores foram ao vestiário assim que a decisão do tribunal chegou às mãos do quarto árbitro, e a partida foi interrompida. Almeida também garantiu que o clube não abrirá mão de disputar a primeira divisão do Brasileiro. Disse que outras liminares de torcedores devem ser concedidas ainda esta semana com o mesmo teor.

Novas decisões
O advogado da Portuguesa também acredita que a liminar obtida pelo clube paulistano no início do mês que assegura a presença do clube na Série A será contemplada novamente. A decisão judicial provisória havia sido concedida pelo juiz Miguel Ferrari Júnior, da 43ª Vara Cível da Capital, mas foi suspensa pelo desembargador Edson Luiz de Queiroz, da 5ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP), no dia 10 de abril.

Almeida acredita que o caso terá desfecho nos próximos 15 dias. “Acho que no máximo em duas semanas a Portuguesa estará de volta na Série A é esse é um entendimento jurídico. Está embasado em entendimentos jurídico e até pessoais pelo andamento do processo.”

Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: