Após mais de 500 dias, Palmeiras retorna à Série A | Diário Regional

Após mais de 500 dias, Palmeiras retorna à Série A

20/04/2014 7:57
Print Friendly

 Será o primeiro jogo de Prass com a camisa alviverde na Série A. Foto: Cesar Greco Fotoarena FolhapressApós mais de 500 dias, o Palmeiras volta hoje (20), às 18h30, a disputar uma partida da primeira divisão de Campeonato Brasileiro. O jogo com o Criciúma, no estádio Heriberto Hülse, na cidade catarinense, marca a estreia de muitos jogadores em um jogo de Série A pelo clube paulista – no ano passado, o time alviverde disputou a segunda divisão nacional.

Dos prováveis titulares, o goleiro Fernando Prass, os zagueiros Lúcio e Tiago Alves, o volante Marcelo Oliveira, os meia Marquinhos Gabriel e Bruno César e o atacante Alan Kardec não vestiram a camisa do clube na Série A. “Primeira divisão é uma emoção diferente”, disse Fernando Prass.

A única dúvida do técnico Gilson Kleina está no ataque. Leandro, que passou a semana com a Seleção Brasileira olímpica, disputa vaga na equipe com Marquinhos Gabriel.

“É de fundamental importância que nosso time some o maior número de pontos possíveis nas primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro. Teremos a parada para a Copa do Mundo, então temos que largar bem”, afirmou Josimar, dono da camisa 15 do Verdão. “Estamos treinando forte e, caso o professor opte por mim, estarei preparado para ajudar da melhor maneira possível”, completou o volante, que já disputou dois jogos com a camisa alviverde.

Dor de cabeça
O pai de Alan Kardec declarou na última sexta-feira que a negociação entre o Palmeiras e o atacante tem causado dores de cabeça ao atleta. O jogador, que pertence ao Benfica, ainda não sabe se vai permanecer no Verdão. O clube tem até o dia 31 de maio para exercer a prioridade de compra junto ao Benfica, apesar do empréstimo acabar no dia 30 de junho.

“Estou preocupado. Isso está causando certo prejuízo físico e mental no meu filho. Ele tem acordado com dores de cabeça, além de não saber o que vai ser da vida dele nos próximo anos”, disse o pai do jogador, que também se chama Alan Kardec, à Rádio Transamérica.

Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: