Pinheiro envia à Câmara proposta de abono aos educadores | Diário Regional

Pinheiro envia à Câmara proposta de abono aos educadores

16/04/2014 10:49
Print Friendly

 Pinheiro: “queremos dar incentivo aos trabalhadores”. Foto: ArquivoO prefeito de São Caetano, Paulo Pinheiro (PMDB), enviou ontem (15) à Câmara projeto de lei que visa conceder abono aos professores, diretores e demais servidores da Educação da cidade. O benefício será retroativo a março e, assim como em 2013, será pago em dez parcelas, com valores que chegam a R$ 1 mil. Cerca de 4 mil servidores das secretarias de Educação e de Esportes e Turismo serão beneficiados.
“Queremos proporcionar incentivo financeiro aos trabalhadores da área educacional com o objetivo, em conjunto com outras medidas administrativas, de melhorar continuamente os serviços de ensino do município”, explicou Pinheiro na mensagem enviada à Câmara.

A proposta do abono aos educadores mantém os valores pagos em 2013, quando a prefeitura dobrou os subsídios concedidos à maior parte dos educadores da cidade. Para diretores de escola e da Escola de Artes e Ofícios da Fundação das Artes de São Caetano, da Fundação Anne Sullivan, da Escola de Bailado, da Escola de Idiomas e da Escola de Informática, o valor proposto é R$ 750, de março a julho, e R$ 1 mil de agosto a dezembro.

Para os assistentes de direção, vice-diretores, coordenadores pedagógicos, coordenadores de eventos, orientadores educacionais e coordenadores da Fundação Anne Sullivan, da Fundação de Artes, da Escola de Idiomas e da Escola de Informática, o valor é R$ 600 de março a julho e R$ 1 mil de agosto a dezembro. Professores da Educação Infantil e do Fundamental Nível I receberão R$ R$ 550 de março a julho e R$ 1 mil de agosto a dezembro.

Para professores Nível II, o abono é escalonado. Para quem dá até sete aulas por semana, o abono será de R$ 100 de março a julho e R$ 200 de agosto a dezembro; de oito a 14 aulas, R$ 250 de março a julho e R$ 500 de agosto a dezembro; de 15 a 19,
R$ 400 de março a julho e R$ 800 nos meses seguintes; de 20 a 24, R$ 500 nas primeiras cinco parcelas e R$ 1 mil nas demais; e acima de 25, R$ 600 de março a julho e R$ 1 mil de agosto a dezembro.

Técnicos
A prefeitura também propõe conceder abono aos técnicos de apoio da Fundação Municipal Anne Sullivan (fonoaudiólogo, psicólogos, assistente social, fisioterapeuta, terapeutas ocupacionais), no valor de R$ 500 de março a julho e R$ 1 mil de agosto a dezembro.

Secretários de escola, Auxiliares de Primeira Infância, empregados públicos vinculados à Secretaria de Educação e empregados públicos ativos da Fundação Anne Sullivan, Fundação das Artes, Escola de Bailado, Escola de Idiomas e Escola de Informática receberão R$ 250 de março a julho e R$ 500 nas cinco parcelas seguintes.

Palavras-chave:


1 Comentário

  • Esse projeto de prefeito reduz o abono dos funcionários da área técnica da educação para fazer média com professores.

Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: