Perícia médica de Genoino durou uma hora e meia | Diário Regional

Perícia médica de Genoino durou uma hora e meia

13/04/2014 3:19
Print Friendly

Genoino deixa o Instituto de Cardiologia do DF. Foto: Wilson Dias/Agência BrasilDurou aproximadamente uma hora e 30 minutos a nova perícia médica do ex-deputado José Genoino, condenado a quatro anos e oito meses de prisão no processo do mensalão. Chegou por volta das 14h07 ao Instituto de Cardiologia do Distrito Federal (ICDF) acompanhado da mulher, do filho e de uma assessora.

Genoino deixou a unidade hospitalar sem falar com a imprensa, que foi mantida a distância pela segurança.
A perícia não foi feita pelo instituto, mas sim por junta médica do Hospital Universitário de Brasília (HUB) que usou as instalações e os equipamentos. Constou de avaliação física, pois os exames laboratoriais já tinham sido feitos, informou o ICDF, que não deu detalhes dos procedimentos.

O cardiologista pessoal do ex-deputado acompanhou a realização dos procedimentos médicos no Instituto de Cardiologia do Distrito Federal. Uma equipe formada por médicos da UNB vai deliberar sobre seu estado de saúde. Todos os outros exames que serão usados para avaliação dos médicos já foram realizados pelo ex-deputado.

Em julho de 2013, Genoino precisou ser submetido a uma cirurgia de emergência para corrigir uma lesão em artéria do coração. O petista foi preso meses depois, no início de novembro do ano passado, com outros réus do mensalão, entre eles o ex-ministro José Dirceu.

Genoino passou a cumprir pena domiciliar após uma junta médica julgar, no fim do ano passado, que situações de estresse poderiam piorar seus problemas vasculares e a recuperação de sua cirurgia.
Com base no resultado da perícia, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, vai decidir se Genoino continuará em prisão domiciliar ou retornará ao Presídio da Papuda.

Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: