Índio diz que não deve favores à administração | Diário Regional

Índio diz que não deve favores à administração

12/04/2014 4:24
Print Friendly

Índio será pré-candidato a deputado estadual. Foto: ArquivoApós deixar a base governista e adotar postura independente na Câmara de São Bernardo, o vereador José Alves da Silva, o Índio (PR), criticou a postura adotada pelo secretário de Governo, José Albino (PT), que pediu para que o republicano não participasse da reunião da base aliada com o Executivo, ocorrida na última terça-feira (8). “Eles (governistas) acham que é certo fazer isso, mas o que não sabem é que, na verdade, me dão mais motiva­ção para trabalhar”, comentou o vereador.

A postura de independência de Índio foi demonstrada na sessão da última quarta-feira (9), quando o vereador foi um dos poucos não-oposicionistas a assinar o requerimento que pede a convocação da secretária municipal de Educação, Cleuza Repulho, para que explique as denúncias de irregularidades na compra de kits de uniforme escolar durante a sua gestão. Além do republicano, Fábio Landi (PSD) também assinou o pedido.

“Não devo favores para ninguém. Se tiver alguma coisa errada na prefeitura vou votar contra. Se perceber que é algo favorável vou dar meu apoio”, afirmou o legislador, que ainda aguarda reunião com o prefeito Luiz Marinho (PT) para resolver sua situação junto ao governo. Apesar da postura independente, Índio ainda se considera integrante da sustentação.

O líder do governo na Câmara, José Ferreira (PT), não quis fazer críticas ao colega de Casa. Mantendo o discurso brando, o petista considera que Índio seguiu sua “consciência”, mas em seguida alfinetou o republicano. “Todo mundo tem um lado na Casa. Eu sempre estive no lado do prefeito Luiz Marinho. Agora, cada um sabe o que faz”, explicou.

O rompimento entre o governo e Índio ocorreu após o parlamentar assinar o requerimento que pede a instauração de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar as denuncias de superfaturamento na compra dos kits de uniforme escolar realizadas pela prefeitura.

Candidatura
Outra questão que Índio espera resolver rapidamente é se será candidato a deputado estadual. “O futuro a Deus pertence. O PR está conversando comigo e estamos analisando essa possibilidade. O que posso dizer é que vamos para esta eleição muito fortes e com algum candidato de São Bernardo. Pode ser eu ou outra pessoa, mas vamos entrar muito fortes”, explicou.

O republicano é o sexto vereador a anunciar a pré-candidatura em São Bernardo. Além de Índio, Marcelo Lima (PPS) tentará vaga na Assembleia Paulista. Para a Câmara Federal são pré-candidatos: Pery Cartola (SDD), Gilberto França (PMDB), Rafael Demarchi (PSD) e Antônio Carlos da Silva, o Toninho da Lanchonete (PT).

Palavras-chave:


2 Comentários

  • Mariela

    Parabéns Índio pela sua postura .

  • jorge f simas

    parabéns ver indio o homen tem que sua opinião propria tamos juntos que Deus te de muita sabedoria para ajudar sbc.

Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: