Sem Bady, Tigre tenta classificação em Curitiba | Diário Regional

Sem Bady, Tigre tenta classificação em Curitiba

10/04/2014 13:04
Print Friendly

Principal jogador do São Bernardo na boa campanha do Campeonato Paulista, o meia Bady viajou com a delegação para Curitiba (PR), mas não deve enfrentar o Paraná Clube hoje (10), às 19h30, no Estádio Durival de Brito, pela rodada de volta da primeira fase da Copa do Brasil. O jogador está próximo de um acerto com o Atlético-PR, que estaria disposto a comprar 50% de seus direitos federativos, a fim de inscrevê-lo no Campeonato Brasileiro – os demais 50% continuariam com o Tigre.

No primeiro jogo, o São Bernardo empatou por 1 a 1 com o Paraná Clube, no Estádio Primeiro de Maio. O Tigre joga por vitória ou empate por dois ou mais gols para avançar à segunda fase e enfrentar a Ponte Preta. Os paranistas jogam por vitória ou empate sem gols. Novo 1 a 1 levará a decisão para os pênaltis.
O objetivo do técnico Edson Boaro é repetir o feito do ano passado, quando o São Bernardo empatou a partida de ida por 1 a 1 e derrotou o Paraná por 3 a 2, em Curitiba. “Precisaremos ter atenção redobrada com as finalizações do Paraná, mas estou tranquilo e meus companheiros também. Vamos respeitar nosso adversário, mas agredi-lo na mesma proporção. Creio na classificação”, dis­se o atacante Gil.

Para esta partida, o São Bernardo assinou contrato de patrocínio máster com a Permute, empresa especializada em permutas multilaterais. Será a quarta estampa no peito da camisa do Tigre nesta temporada.

O jogo pode determinar o futuro do elenco do São Bernardo para o restante da temporada. A classificação garante a sobrevida do grupo ao menos até o fim da segunda fase da Copa do Brasil. Com a eliminação, o elenco será desfeito e o São Bernardo terá um time bem mais modesto para a Copa Paulista.

Reformulação
No Paraná, o estreante técnico Ricardo Drubscky não terá o lateral direito Roniery, que está sendo negociado, e o meia Fernando Gabriel, lesionado. Por outro lado, Juliano Mineiro e Henrique, reforços da equipe para a Série B do Brasileiro, ficam à disposição do treinador no banco de reservas.
O time passou por processo de reformulação após o Campeonato Paranaense e vários jogadores saíram, casos do volante Elton, que foi para Ponte Preta; de Ricardo Conceição, para a Chapecoense; e do zagueiro Naylhor, que voltou ao Icasa.

Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: