Petistas ‘têm de ir para cima’ contra CPI, afirma Lula | Diário Regional

Petistas ‘têm de ir para cima’ contra CPI, afirma Lula

09/04/2014 8:04
Print Friendly

Lula: “eu já cumpri minha tarefa, me sinto realizado”. Foto: Ricardo Stuckert/Instituto LulaO ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou ontem (8) as tentativas da oposição de criar Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar os negócios da Petrobras e disse que o PT “tem de ir para cima” para evitar que seja usada contra o governo.

“A gente não pode permitir que, por omissão nossa, as mentiras continuem prevalecendo”, afirmou Lula em entrevista concedida a blogueiros no Instituto que leva seu nome. “Temos de defender com unhas e dentes aquilo que a gente acredita que seja verdadeiro.”

O ex-presidente lembrou que a CPI dos Correios, que investigou o escândalo do mensalão em seu primeiro mandato, deixou “marcas profundas no PT”. “Essas pessoas (que defendem a CPI da Petrobras) nunca quiseram fazer CPI. Nesse aspecto, o PT tem de ir para cima. Se o PT tivesse feito o debate político no momento certo, possivelmente a história teria sido outra”, afirmou.

Lula disse que a motivação dos defensores da CPI é eleitoral. “Os interesses políticos estão fazendo com que, em época de eleição, a oposição, que não tem bandeira, levante essa ideia.”

Volta Lula
Lula voltou a negar a intenção de se candidatar à Presidência no lugar de Dilma Rousseff nas eleições de outubro, classificando como “boataria” as notícias sobre empresários e políticos petistas que têm manifestado simpatia pela troca.

“Não sou candidato e não tenho como ir em cartório registrar que não sou candidato”, declarou Lula. “Minha candidata é a Dilma e se vocês (blogueiros) puderem contribuam para acabar com essa boataria toda, ajudando a democracia desse país.”

Segundo a mais recente pesquisa do Datafolha, divulgada no fim de semana, Dilma viu sua popularidade cair em março, em ambiente marcado pelo aumento do pessimismo da população com os rumos da economia.
Lula disse que a presidente terá de explicar durante a campanha à reeleição o que fará para reanimar a economia brasileira e superar o desempenho frustrante dos últimos meses. “Poderíamos estar melhor e a Dilma vai ter de dizer isso na campanha claramente: como é que a gente vai melhorar a economia brasileira”, afirmou.

Porém, para Lula, Dilma tem “condições políticas e técnicas para fazer o Brasil avançar” e não há por que substituí-la. “Eu já cumpri com minha tarefa, já me dou por realizado.”

O ex-presidente acusou os meios de comunicação de tratar Dilma de maneira desrespeitosa e de fomentar intrigas entre ele e sua sucessora. “Tentaram me derrubar em 2005, mas enfrentamos. Tentaram fazer a Dilma brigar comigo. Quando ela ganhou, tentaram se apoderar dela e quiseram fazê-la minha inimiga, dizer que o Lula estava fora.”

Palavras-chave:


2 Comentários

Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: