Paulo Pinheiro anuncia investimentos na segurança | Diário Regional

Paulo Pinheiro anuncia investimentos na segurança

08/04/2014 3:27
Print Friendly

Pinheiro assina adesão à Operação Delegada. Foto: Du Merlino/PMSCSO prefeito de São Caetano, Paulo Pinheiro (PMDB), anunciou ontem (7) série de investimentos na segurança. Serão empenhados R$ 9 milhões em obras, aparelhamento e implementação de programas estratégicos de segurança, dentro da Operação Cidade Segura, lançado pela administração em janeiro.
Ao detalhar os investimentos, Pinheiro reiterou que não vai tolerar atos de violência no município. “Nossos índices são os melhores da região, mas não estamos satisfeitos. A delinquência externa nos atrapalha. A maioria dos delitos cometidos aqui é praticada por pessoas de fora. Então, para dar resposta à população, anunciamos esse pacote de ações enérgicas de combate ao crime”, disse.

Um dos destaques é a adesão de São Caetano à Operação Delegada da Polícia Militar. No ato, Pinheiro formalizou a disposição do município de contar com o programa, assinando termo juntamente com o comandante da PM na cidade, capitão Robinson Castropil. Projeto de lei para autorizar o convênio com o Estado será encaminhado à Câmara na semana que vem – também é necessário o aval do governador Geraldo Alckmin (PSDB).

A medida visa aumentar o efetivo da corporação nas ruas. A expectativa é de que um policial militar consiga incrementar em até R$ 1,5 mil sua renda mensal com plantões fora da escala normal de trabalho.
Outra novidade é a reformulação da Atividade Diferenciada da Guarda Civil Municipal (GCM), com o aumento da gratificação (de R$ 125 para R$ 158 por jornada) paga aos guardas que aderirem ao regime. O limite de plantões especiais por mês também foi elevado: de quatro para dez.

O efetivo da GCM também aumentará devido à realização de concurso público para o preenchimento de 50 vagas. Além disso será renovada e ampliada a frota da corporação, que passará das atuais 37 viaturas para 50.

Palavras-chave:


1 Comentário

  • Wilson Bessa

    Senhor Prefeito Paulo Pinheiro:
    Considerando-se as injustiças que o seu Governo está fazendo com os Professores, os quais reivindicam um Direito líquido e certo, bem como, considerando-se que a função da Corregedoria Geral Municipal é o de apurar todas e quaisquer irregularidades no âmbito da Administração Municipal, e não tão somente aquelas que o Sr. diretamente influencia de maneira arbitrária e política, e também considerando-se que a questão de Segurança Pública também é de sua responsabilidade, solicito responder as indagações que abaixo enumero:
    1-) Qual o motivo, de ter em diversas Secretarias da Administração Municipal, Guardas Civis Municipais, exercendo atividades completamente desviadas daquelas que os mesmos obrigatoriamente deveriam exercer, tendo em vista que prestaram Concurso Público para isso?
    2-) Qual o motivo de tais Guardas Civis Municipais receberem o valor pertinente ao “Risco de Vida”, em torno de R$ 910,00/mensais cada um, haja vista que os mesmos trabalham em desvio de função, sem uniformes e tampouco exercendo a atividade corresponde ao Concurso prestado?
    3-) Tendo em vista o pagamento do “Risco de Vida”, de maneira irregular, pois tais Guardas Civis, estão em desvio de função, o referido pagamento irregular é de responsabilidade de quem? Do Sr. Ilustríssimo Prefeito, do Ilustre Secretário Municipal de Segurança? Do ilustre Comandante da Guarda Civil? Ou do Secretário da Fazenda Municipal?
    4-) O que me dizer dos 23 Guardas Civis Municipais abaixo enumerados, estarem exercendo atividades em desvio de função? Por que Sr. Prefeito, então abrirá Concurso para o preenchimento de tais vagas? O que o Sr. Prefeito tem a dizer aos familiares e para as vítimas de crimes em nossa Cidade, se o Sr. mesmo demonstra não ter a preocupação com a Segurança dos Munícipes, pois permite além do desvio de função, o pagamento do “Risco de Vida” para aqueles que estão fora de suas funções? Não seria dispêndio de verba pública, onde tais valores poderiam ser aplicados na própria Segurança Pública?
    São os referidos Guardas Civis Municipais e as Secretárias (ou Departamentos) onde os mesmos estão exercendo atividades fora do contexto do Concurso que prestaram:
    1-) Alencar = SEMOB;
    2-) Bizzioli = SEMOB;
    3-) Felisberto = SEMOB;
    4-) D’Jaci = SEMOB;
    5-) G. Souza = SEMOB;
    6-) Jorge = SEMOB;
    7-) Minhava = SEMOB;
    Molina = SEMOB;
    9-) Sousa Rocha = SEMOB;
    10-) Da Mata = Defesa Civil;
    11-) Ricci = Defesa Civil;
    12-) Ezequias = SESURB;
    13-) Alexandre = SESURB;
    14-) F. Silva (Irmão Wilson Caboclo) = SEEDUC;
    15-) Herrara = SECONT;
    16-) Nascimento = PROCON;
    17-) Mak = PROCON;
    18-) Nunes = SEPLAG;
    19-) Nunes Viana = SEPLAG;
    20-) Ronaldo = CONJUV;
    21-) Vinicius = CONJUV;
    22-) Wilson Caboclo = GABINETE DO PREFEITO;
    23-) Coka = EDUCAÇÃO FÍSICA;
    Além de Carvalho (Fórum), Fábio Ribeiro (Terceiro Distrito), Kleber e Militão (Delegacia Sede de São Caetano) e Ivanise (Delegacia em São Bernardo do Campo).

Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: