Santo André vence e continua vivo | Diário Regional

Santo André vence e continua vivo

06/04/2014 7:08
Print Friendly

Nunes comemora o segundo gol do Santo André que garantiu a vitória no Brunão - Foto: Fabrício Cortinove/EC Santo AndréO Santo André fez sua parte e voltou a vencer na Série A2 do Campeonato Paulista, mas seus adversários diretos também se deram bem na 18ª e penúltima rodada da competição e, por isso, as chances do Ramalhão de conquistar o acesso à elite paulista seguem pequenas. De qualquer forma, os 2 a 1 construídos ontem (5) à tarde sobre o Catanduvense no Estádio Bruno José Daniel mantiveram a equipe viva para a última rodada, quando terá o “clássico” contra o São Caetano no Anacleto Campanella no próximo sábado, às 10h.

A vitória deixou o Santo André com 32 pontos, mas a equipe da região continua na sexta posição. Ocorre que seus adversários também venceram: o vice-líder São Bento passou pelo Guaratinguetá por 2 a 1, o quarto Marília superou o Monte Azul por 2 a 1, ambos como mandantes, e o Mirassol bateu o Itapirense fora de casa por 3 a 0. Hoje, o Red Bull visita o Grêmio Osasco e, se vencer, será o segundo matematicamente garantido na elite – o primeiro é o líder Capivariano. Só quatro equipes sobem para a Série A1 em 2015.

Assim, para comemorar o acesso, o Ramalhão terá de vencer o São Caetano e torcer para que ao menos dois de seus rivais diretos (Marília, Mirassol e São Bento) tropecem na 19ª rodada. Dos três, apenas um joga em casa – o Mirassol, contra a Ferroviária – e os demais decidem sua vida fora de seus domínios – Marília e São Bento, que visitam Guaratinguetá e Catanduvense, respectivamente.

Em um primeiro tempo bastante movimentado, o Santo André é quem tomou a iniciativa de sair ao ataque. Em tarde inspirada da dupla de meias formada por Michael e Cacá, o Ramalhão chegou com perigo logo nos primeiros minutos. Aos três, Cacá apareceu na frente de Veloso e soltou a bomba, mas o goleiro se esticou todo e espalmou pela linha de fundo. Seis minutos depois, Michael cobrou falta e Jonas desviou para o gol. No entanto, o árbitro Vinicius Gonçalves Dias Araujo anulou o tento, alegando impedimento.

A Catanduvense se aproveitou e inaugurou o placar aos 21. Walker acertou lindo chute de fora da área e colocou a bola no ângulo direito de Saulo para fazer 1 a 0 para os visitantes. Porém, a alegria durou pouco e o Ramalhão chegou ao empate aos 23. Cacá tabelou com Nunes e finalizou por cima do goleiro: 1 a 1.

Pressão total

Precisando da vitória para continuar vivo na briga pelo acesso, o Santo André pressionou o adversário do início ao fim da segunda etapa. Aos seis minutos, Jonas pegou sobra e colocou a bola na direção da grande área para Chico emendar um voleio de primeira, mas a bola ganhou força e passou por cima da trave.

Aos 21, Cacá cobrou escanteio e Junior Paulista conseguiu bela cabeçada, mas Veloso conseguiu executar a defesa. Porém, aos 23, não teve jeito e a equipe do ABC conseguiu o gol da vitória. Nunes foi derrubado na grande área e Araujo anotou pênalti, que o próprio centroavante converteu para garantir os três pontos.

Quando o duelo estava prestes a terminar, o Santo André ainda desperdiçou grande oportunidade aos 44 minutos. Ângelo cruzou da direita e Müller Fernandes mergulhou para cabecear na trave, antes de o árbitro erguer o braço e definir o final da disputa.



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: