Roubos disparam dentro do metrô e da CPTM | Diário Regional

Roubos disparam dentro do metrô e da CPTM

06/04/2014 10:30
Print Friendly

Maioria dos casos acontece nos acessos das estações - Foto: ArquivoO número de roubos feitos dentro do Metrô e da CPTM em 2013 aumentou 91%, na comparação com o ano anterior em São Paulo. No total, de acordo com a Secretaria de Estado da Segurança Pública, nos 12 meses do ano passado foram registrados 330 roubos contra 173 em 2012. Os furtos cometidos nas dependências do metrô e da CPTM, na comparação anual, também registraram uma alta expressiva. Foram 6.134 registros nos 12 meses do ano passado contra 3.439 em todo o ano de 2012, um avanço de 78%.

Neste ano a tendência ainda é de alta. Segundo levantamento feito pela reportagem, em fevereiro deste ano houve alta de 104% nos casos de roubo dentro das dependências do metrô e da CPTM, na comparação com o mesmo mês do ano passado.

No total, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública, no segundo mês deste ano foram registrados 45 roubos contra 22 no mesmo período do ano passado.

O número de furtos também cresceu, segundo as estatísticas. Foram 373 furtos em fevereiro deste ano ante 334 no segundo mês de 2013, uma alta de 11%.

Campanhas

Por meio de nota, a Secretaria de Transportes Metropolitanos de São Paulo, informou que o Metrô e a CPTM realizam campanhas periódicas de segurança, para alertar os passageiros. Segundo a pasta, a maioria dos casos acontece nos acessos das estações e nos momentos de embarque e desembarque nas plataformas, dentro dos horários de pico.

A nota ainda sugere algumas dicas de comportamento seguro para evitar assaltos. Para se manter seguro, o usuário deve evitar mochilas nas costas, celulares à mostra, carteiras nos bolsos traseiros, correntes com pingentes sobre camisas e blusas.

Para tentar coibir as práticas criminosas, o secretário de Transportes Metropolitanos, disse nesta semana, que o Metrô está comprando 300 novas câmeras que serão colocadas nas estações. Atualmente existem 3.077 câmeras ao longo de suas 5 linhas e em todas as 64 estações. Ao todo, são 1600 câmeras na CPTM.

De acordo com a secretaria de Transportes, as câmeras das estações são integradas aos Centros de Controle de Segurança, que mantém contato com a a Polícia Militar.

 



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: