Navio detecta sinal que pode ser de avião desaparecido | Diário Regional

Navio detecta sinal que pode ser de avião desaparecido

06/04/2014 7:00
Print Friendly

Duas embarcações com tecnologia  de localização  vasculham 240 km.  Foto: DivulgaçãoUm navio chinês que participa das buscas do Boeing 777 desaparecido da Malaysia Airlines detectou sinal ao sul do oceano Índico, informou ontem (5) a agência oficial da China, a Xinhua.

O sinal detectado tem frequência de 37.5 kHz, que é geralmente o padrão das caixas-pretas, mas não há nenhuma outra evidência de que ele pertença ao avião desaparecido há quase um mês.

Ontem, um avião da Força Aérea chinesa informou ter detectado objetos flutuantes na região das buscas – também nesse caso, não se sabe se relacionados à aeronave.

As autoridades malaias estimam que o aparelho tenha caído no oceano Índico, próximo à costa oeste da Austrália, depois de ter desviado sua rota completamente. No entanto, até hoje não havia indícios que confirmassem onde ocorreu o acidente.

Entrevistados pela rede de TV CNN, especialistas pediram que não se tire conclusões precipitadas. “(O sinal) pode vir de uma série de equipamentos diferentes”, disse o oceanógrafo Simon Boxall. “Já vimos erros e exageros nesse caso todo.”

As buscas submarinas pela caixa-preta do avião começaram ontem. Dois navios munidos de tecnologia especial de localização vasculham uma rota de 240 km. A caixa-preta, que estaria no fundo do mar, emite pequenos sinais de dados conhecidos como “pings”, que a tecnologia com que as embarcações são equipadas tenta ler.

No entanto, as buscas submarinas começaram cerca de quatro dias antes de os aparelhos pararem de emitir sinais –a bateria da caixa-preta dura apenas 30 dias.

Além dos dois navios, 14 aeronaves e outras nove embarcações participam do esforço, coordenado a partir da cidade de Perth, na Austrália.
O Boeing que fazia o voo MH370 está desaparecido desde 8 de março. Viajava de Kuala Lumpur, na Malásia, a Pequim, na China, com 239 pessoas a bordo.

Na última semana, a polícia malaia afirmou que a investigação criminal sobre passageiros e membros da tripulação não deu resultado e foram descartados da apuração. Piloto e copiloto do voo continuam a ser investigados.

Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: