Beira-Rio é reinaugurado com festa, mas tem velhos problemas | Diário Regional

Beira-Rio é reinaugurado com festa, mas tem velhos problemas

06/04/2014 7:07
Print Friendly

PORTO ALEGRE – O Beira-Rio foi reaberto oficialmente ontem (5) com festa, mas apresentando velhos problemas no entorno. Sem o edifício-garagem liberado, o público precisou se mobilizar para chegar cedo e sem carro ao estádio. As obras públicas do entorno também exigiram paciência. Do lado de dentro poucos retoques foram feitos antes da cerimônia.

A principal dor de cabeça foi com o trânsito. A Empresa Pública de Transporte e Circulação criou um sistema e pediu aos torcedores que utilizassem ônibus e táxis no deslocamento. Além do apelo, a boa vontade da massa ajudou a diluir o fluxo nas cercanias do estádio.

Assim, mesmo com a Avenida Padre Cacique ainda em obras, o acesso dos torcedores foi normal. O edifício-garagem, contudo, fez falta. Sem as vagas contíguas ao Beira-Rio, os torcedores precisaram recorrer a estacionamentos de shoppings e hospitais da região. Próximo ao Beira-Rio, o shopping Praia de Belas, por exemplo, teve boa parte do estacionamento tomado por carros de torcedores do Inter.

No pátio do estádio, mais um obstáculo. Cerca de um terço da área privada foi pavimentada. De resto, cascalho e brita. Na fatia pública da área de circulação apenas chão batido, já que o contrato público de pavimentação e iluminação foi assinado na quinta-feira.

No estádio propriamente dito os transtornos foram menores. A abertura dos portões demorou mais que o esperado e ocorreu 30 minutos depois. Algumas catracas não identificaram os tíquetes, mas ninguém ficou de fora.

Banheiros e bares não apresentaram problemas. O gramado foi coberto por estrutura de plástico, que recebeu centenas de bailarinos e músicos. O setor de imprensa mais uma vez teve problemas de telefonia. Sinal de wi-fi e celular foram raros. A partir da chegada do público, o que já era difícil se tornou impossível. Celulares travaram e a conexão tornou-se inviável.



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: