'O Lobo Atrás da Porta' é o único brasileiro no Havana Film Festival New York | Diário Regional

‘O Lobo Atrás da Porta’ é o único brasileiro no Havana Film Festival New York

03/04/2014 3:18
Print Friendly

“O Lobo Atrás da Porta”, de Fernando Coimbra, concorre com nove ficções pelo prêmio de melhor filme. Foto: ArquivoAté o dia 11, o cinema latino terá vitrine privilegiada do outro lado da fronteira. A 15ª edição do Havana Film Festival New York exibe 45 produções latinas em três cantos da cidade americana: Manhattan, Bronx e Queens. A mostra, que abriga duas sessões competitivas (ficção e documentários), é um tradicional panorama contemporâneo de filmes feitos por e sobre países da América Latina.

Fora da competição, o argentino “O Médico Alemão”, de Lucía Puenzo, que reconstrói de maneira fictícia uma passagem do nazista Josef Mengele pela Patagônia, e o mexicano “Heli”, de Amat Escalante, sobre o narcotráfico, ganharão exibições especiais.

Neste ano há também recorde de filmes de Cuba (24, no total). A seleção inclui “Histórias da Revolução” (1960), de Tomás Gutiérrez Alea, e “Chamaco” (2010), de Juan Carlos Cremata, sobre a vida gay na noite de Havana. O também cubano “Conducta” abre a mostra competitiva de ficções. O filme de Ernesto Daranas trata da relação entre um aluno marginalizado e sua professora.

Único representante do Brasil, “O Lobo Atrás da Porta”, de Fernando Coimbra, concorre com nove ficções pelo prêmio de melhor filme e será exibido amanhã, no Museum of the Moving Image. O longa, que sai em maio no Brasil, já ganhou prêmios em Miami, Rio, Havana e San Sebastián. “Ficam impactados quando descobrem que se baseia numa história real, o que é a parte mais cruel do meu filme”, diz Coimbra sobre o público americano.
A programação completa do festival pode ser conferida no site www.hf fny.com.

Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: