Dilma se emociona ao lembrar exilados em evento no Rio | Diário Regional

Dilma se emociona ao lembrar exilados em evento no Rio

03/04/2014 2:25
Print Friendly

Dilma participou da cerimônia de concessão do terminal. Foto: Divulgação: Presidência da RepúblicaDurante evento no aeroporto internacional Tom Jobim (Galeão), no Rio de Janeiro, a presidente Dilma Rousseff se emocionou ontem (2) ao lembrar do retorno dos exilados da ditadura (1964-1985).
Dilma participou da cerimônia de concessão do terminal do aeroporto Tom Jobim. O discurso acontece na semana em que o golpe militar completa 50 anos. “(Este evento) nesta semana é de fato uma homenagem aos exilados nesse aeroporto que tem o nome de um grande poeta que fez a música ‘Samba do avião’”, disse a presidente chorando após narrar um trecho da canção e afirmar que “um exilado não volta para o Brasil, ele pousa”.

“Desculpem a emoção, mas de fato tenho certeza que as almas cantaram (ao ver o Rio)”, acrescentou. “O Rio é um lugar de certa forma mítico em relação ao Brasil e tem esse símbolo para o país que conquistou a democracia”, afirmou.

Concessão
Formado pelas empresas Odebrecht Transport e pela operadora do aeroporto de Cingapura, a Changi Airports International, que juntas detêm 51%, e a Infraero (estatal que administra outros aeroportos do país), com os 49% restantes, a concessionária Aeroporto Rio de Janeiro passa a ser responsável pela administração do Galeão nos próximos 25 anos.

Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o contrato exige que a concessionária construa 26 pontes de embarque e amplie o pátio de aeronaves até 30 de abril de 2016; construa estacionamento com capacidade mínima para 1.850 veículos até o fim de 2015; e adeque as instalações para o armazenamento de carga até os Jogos Olímpicos de 2016.
Apesar da concessão, continua a cargo da Infraero a conclusão das obras que já estão em licitação, já foram contratadas e estão em andamento.

Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: