Estado investe R$ 6,4 milhões em Fundos de Assistência Social do ABC | Diário Regional

Estado investe R$ 6,4 milhões em Fundos de Assistência Social do ABC

02/04/2014 7:46
Print Friendly, PDF & Email

Rogério Hamam vai anunciar também o novo piso social para os municípios. Foto: ArquivoO governo do Estado liberou R$ 6,4 milhões para os Fundos de Assistência Social do ABC. O secretário estadual de Desenvolvimento Social, Rogerio Hamam, estará hoje (2), às 15 horas, no Paço Municipal de Santo André (Praça Quarto centenário, 01), para assinatura dos termos de repasse do Fundo Estadual de Assistência Social (FEAS) aos fundos municipais dos sete municípios da região. A cerimônia vai contar com a presença do prefeito Carlos Grana, além dos demais chefes de Executivo convidados. A renovação do FEAS vai garantir investimentos estaduais de R$ 6.478.930,80 para as cidades.

São Bernardo vai contar com o maior aporte, de R$ 2.243.268. Santo André receberá R$ 1.370.228,40; Diadema, R$ 1.577.484; São Caetano, R$ 352.959,60; Rio Grande da Serra, R$ 348.481,20; Ribeirão Pires, R$ 307.519,20; e Mauá, R$ 278.990,40.

Rogerio Hamam anunciará, também, o novo Piso Social para os municípios que investiram mais de 90% dos recursos do FEAS no exercício anterior. Na ocasião, serão apresentados os critérios para o recurso extra na área e o valor que a região de Piracicaba vai receber.

A Secretaria de Desenvolvimento Social vai repassar, em 2014, o total de R$ 186,8 milhões aos Fundos Municipais por meio do Fundo Estadual de Assistência Social. O dinheiro é destinado ao cofinanciamento de serviços, ações e projetos socioassistenciais diversos, segundo os Planos Municipais de Assistência Social (PMAS).

O recurso é repassado diretamente às prefeituras, dividido em parcelas mensais ao longo do ano. São os Conselhos Municipais que definem e acompanham a aplicação do dinheiro repassado às cidades.

Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: