Alckmin amplia bônus na conta de água | Diário Regional

Alckmin amplia bônus na conta de água

01/04/2014 7:39
Print Friendly

Alckmin apresenta medida que amplia bônus para 31 municípios. Foto: Divulgação/Governo do EstadoO governador Geraldo Alckmin anunciou, ontem (31), a ampliação para 31 municípios da Região Metropolitana de São Paulo do bônus de 30% no valor da conta de água para consumidores que reduzirem o consumo em 20%. A medida entra em vigor a partir de hoje (1º).

A Sabesp havia estabelecido o bônus no início de fevereiro apenas para os consumidores atendidos pelo Sistema Cantareira. “Em razão da maior estiagem dos últimos 84 anos, estamos estendendo o bônus a todos os municípios operados pela Sabesp na Região Metropolitana de São Paulo. Economizou 20%, ganha um bônus de mais 30%”, afirmou Alckmin. Com a diminuição do preço em razão do uso menor da água mais o bônus de 30%, a economia do consumidor pode chegar a 48%.

Alckmin também anunciou que, a partir de setembro, a vazão o Alto Tietê fornecerá mais água para o Cantareira. Segundo o governador, o sistema enviará 2,6 m 3/s ao manancial –atualmente são transferidos 2,2 m3/s.

Cerca de 17 milhões de pessoas serão beneficiadas com a ampliação. “Nossa preocupação central é assegurar o abastecimento de água para todos os nossos clientes aqui na Região Metropolitana”, assegurou a diretora-presidente da Sabesp, Dilma Pena. A meta é chegar a 6 m³ por segundo de economia, o que equivale a mais de 518 milhões de litros de água por dia.

De acordo com relatório divulgado ontem (31) pela Sabesp, o manancial que está na situação mais crítica continua sendo o Cantareira com 13,4% do reservatório utilizado. Na sequência aparece o Alto Tietê, com, 37%, o Alto Cotia, com 56% e o Guarapiranga com 77% da capacidade. A unica exceção é o reservatório Rio Grande com 94.6%.

Durante entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, que contou com a presença da diretora-presidente da Sabesp, Dilma Pena, o governador argumentou que ao estabelecer o bônus foi possível reduzir o consumo em 4,1 metros cúbicos de água por segundo.

Segundo os dados apresentados, 37% dos consumidores obtiveram bônus; 39% economizaram, mas não atingiram 20%. Com isso 76% dos consumidores conseguiram reduzir o consumo de água. Ainda segundo o governador, 24% dos consumidores aumentaram o consumo de água.

Guarulhos, Mogi das Cruzes, Mauá, Santo André e São Caetano não são operados pela Sabesp, e caberá às prefeituras e aos serviços autônomos a decisão de trabalhar com bonificação ou algum outro estímulo para o uso racional da água.

Beneficiados
Serão beneficiados com a ampliação do bônus: São Paulo, Arujá, Barueri; Biritiba Mirim, Caieiras, Cajamar; Carapicuíba, Cotia, Diadema; Embu, Embu-Guaçu, Ferraz de Vasconcelos; Francisco Morato, Franco da Rocha, Itapecerica da Serra; Itapevi, Itaquaquecetuba, Jandira; Mairiporã, Mogi das Cruzes (bairros da divisa), Osasco; Pirapora do Bom Jesus, Poá, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra; Salesópolis, Santana de Parnaíba, São Bernardo; Suzano, Taboão da Serra e Vargem Grande Paulista.

Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: