S.Caetano vence o Marília, respira na Série A2 e ajuda o Ramalhão | Diário Regional

S.Caetano vence o Marília, respira na Série A2 e ajuda o Ramalhão

30/03/2014 7:09
Print Friendly

Cleiton comemora o primeiro gol do São Caetano. Foto: Divulgação/AD São CaetanoO São Caetano venceu a primeira batalha da “guerra” contra o rebaixamento na Série A2 do Campeonato Paulista – e que, caso seja confirmado, será o terceiro consecutivo do Azulão. Sob o comando, pela primeira vez, do técnico interno Márcio Griggio, a equipe mostrou raça e chegou a perder uma cobrança de pênalti, mas derrotou o Marília por 2 a 0 ontem (29), pela 17ª rodada da competição.

Cleiton e Marcelo Soares fizeram, no segundo tempo, os gols do São Caetano – que, se não serviram para afastar definitivamente o risco de rebaixamento, ao menos deram esperança para o Azulão nas duas partidas que restam na A2 – sábado, contra a Ferroviária, e no dia 13, contra o Santo André.

Com a vitória, a equipe subiu para 18 pontos e ocupa a 14ª posição. Está apenas um ponto acima do primeiro time dentro do Z4 – o Itapirense, 17º com 17 pontos. Além de renovar as esperanças do Azulão, a vitória também ajudou o Santo André, que viu o concorrente direto Marília perder na competição e, assim, reduziu os danos da derrota de ontem para o São Bento por 1 a 0.

O São Caetano mostrou desde o apito inicial que não ia facilitar a vida do Marília na partida e criou, no primeiro tempo, ao menos três boas oportunidades para abrir o marcador. Na melhor delas, aos 40 minutos, Leandro Oliveira ganhou da defesa e cruzou rasteiro para Cássio. O goleiro já estava batido na jogada, mas o atacante não conseguiu completar a finalização para dentro do gol.

O segundo tempo viu um São Caetano avassalador, que poderia ter feito o primeiro gol aos 25 minutos, quando o volante Rodrigo Thiensen desperdiçou cobrança de pênalti sofrido por Leandro Oliveira – o autor da falta, Diego Marangon, acabou expulso.

Quando o Azulão também perdeu Rodrigo Thiensen expulso, a torcida imaginou o pior, mas o primeiro gol saiu logo em seguida. Aos 39, depois de cobrança de falta para a área, o zagueiro Cleiton subiu sozinho e marcou de cabeça. Aos 42 minutos veio o gol que sacramentou a vitória: Leandro Oliveira recebeu pelo lado direito e cruzou com precisão para Marcelo Soares, que desviou para dentro do gol: 2 a 0.

Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: