Neymar é vítima de ofensa racista durante jogo do Espanhol | Diário Regional

Neymar é vítima de ofensa racista durante jogo do Espanhol

30/03/2014 7:55
Print Friendly, PDF & Email

Neymar discute com o mexicano moreno durante o clássico de ontem. Foto: Miguel Ruiz/FC BarcelonaTorcedores do Espanyol fizeram sons de macaco contra Neymar, em partida realizada ontem (29), pelo Campeonato Espanhol. O Barcelona venceu por 1 a 0. Durante o segundo tempo, uma banana também foi atirada no gramado.

As duas equipes fazem o principal clássico da região da Catalunha. O jogo aconteceu no estádio Cornellà-El Prat, do Espanyol.

Neymar irritou a torcida da casa ao participar da jogada que deu origem ao único gol da partida, anotado pelo argentino Lionel Messi. Jogadores do Espanyol reclamaram que o brasileiro tocou a mão na bola.
Torcedores também reclamaram do que consideraram simulações de faltas do atacante, vaiado fortemente ao ser substituído pelo chileno Alexis Sánchez, nos minutos finais da partida.

Essa é a terceira vez em que Neymar sofre ataque de origem racial em partidas internacionais.
Em 2011, quando jogou pela Seleção Brasileira contra a Escócia, um adolescente alemão também lançou uma banana em campo em direção ao jogador. O mesmo aconteceu em 2012, pelo Santos, em confronto diante do Bolívar, em La Paz, pela Libertadores.

Em entrevista, quando ainda estava no futebol brasileiro, Neymar chegou a afirmar que não se considera negro.

Caso a direção do Espanyol seja considerada culpada pela ofensa racial de sua torcida, o time pode ser punido com multa ou perda de mandos de jogo. Após a partida, torcedores participaram de confrontos no entorno do estádio, atirando pedras contra policiais.

Três na disputa
Com o resultado, o Barcelona se manteve na segunda posição, com 75 pontos. Está a um do líder Atlético de Madrid, que derrotou o Athletic Bilbao por 2 a 1, de virada. Também ontem, o Real Madrid goleou o Rayo Vallecano e se manteve na terceira posição, a três pontos do líder.

O Real deslanchou apenas no segundo tempo. Nos primeiros 45 minutos, apenas Cristiano Ronaldo conseguiu furar a retranca adversária. Na etapa final, Carvajal, Morata e Bale (duas vezes) fecharam o placar.

Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: