Caixa vai custear novo Centro de Atletismo de São Bernardo | Diário Regional

Caixa vai custear novo Centro de Atletismo de São Bernardo

30/03/2014 7:37
Print Friendly

Rebelo e Marinho inauguraram ontem o Centro de Atletismo Professor Oswaldo Terra. Foto: Eberly Laurindo especial para o DRO ministro do Esporte, Aldo Rebelo, e o prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho (PT), entregaram, na manhã de ontem (29), o Centro de Atletismo Professor Oswaldo Terra. O equipamento esportivo é um dos mais modernos da América Latina e vai atender atletas profissionais e de iniciação na modalidade. Ao todo foram investidos R$ 32,5 milhões, divididos entre prefeitura e Ministério do Esporte. “Os atletas de alto rendimento da seleção brasileira treinarão aqui; os melhores ranqueados também. As nossas equipes de alto rendimento treinarão aqui, categorias de base estarão atuando aqui e a iniciação esportiva, fora outros grupos organizados que vão fazer visitas assistidas para que possam vivenciar a prática do atletismo”, explicou o secretário municipal de Esporte e Lazer, José Alexandre Pena Devesa.

Durante o evento foi anunciada parceria entre a Prefeitura de São Bernardo e a Caixa Econômica Federal para o custeio do centro de treinamento e das equipes que serão formadas junto à Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) e à Associação São-bernardense de Atletismo (ASA). Segundo Devesa, foi assinado contrato de um ano com a instituição, sendo que somente o custeio das equipes – no valor R$ 1,115 milhão – foi acertado. A prefeitura ainda negociará o valor para manutenção do equipamento, que também terá o nome de “Arena Caixa”.

O centro é formado por pista de 400 metros, construída com os mesmos materiais da pista do Estádio Olímpico de Berlim (Alemanha), além de um prédio de apoio, com pista coberta de 85 metros e uma caixa de areia, que será utilizada para que os atletas façam o aquecimento antes das competições. O prédio também  abriga o espaço administrativo, fisioterapia, departamento médico e sala de imprensa. O local também tem arquibancada com a capacidade para 1.570 torcedores.

O centro também integrará a Rede Nacional de Treinamento de Atletismo, conjunto de equipamentos esportivos que o Executivo Federal está estruturando para alinhar a política nacional de esporte para a modalidade, e está selecionado para receber equipes para aclimatação nos Jogos Olímpicos Rio 2016. “Hoje o Brasil tem como meta estar entre as dez primeiras colocações na Olimpíada de 2016 e entre as cinco primeiras colocações na Paraolimpíada de 2016. Este centro de treinamento tem um papel importante nesse sentido”, destacou o ministro.

Segundo Rebelo, o objetivo é construir um legado para o esporte, que vai muito além dos Jogos Olímpicos de 2016. “Por isso, está em curso uma ampla articulação dos governos federal e estaduais com universidades, prefeituras, entidades esportivas e clubes. A meta é assegurar uma política de gestão sustentável no longo prazo”, completou.

A campeã olímpica do salto em distância, em 2008, em Pequim, e tricampeã dos Jogos Pan-Americanos, Maurren Maggi, destacou a importância de divulgar a prática esportiva. “Temos de trabalhar para buscar novos atletas, mas também temos de correr atrás da divulgação da prática do esporte e aliá-lo com a educação”, destacou.

Segundo Marinho, o equipamento será utilizado pelos alunos da rede pública de ensino para o início da vivência no esporte, mas o projeto ainda não está definido. “Este complexo vai trazer benefícios não só para os atletas de alto rendimento, mas também para nossas crianças que terão por meio das praticas esportivas muito mais formação cultural, conhecimento e aulas de cidadania. Este espaço poderá formar grandes campeões”, destacou.

Mais setores
Além do Centro de Treinamento, a prefeitura pretende inaugurar este ano mais dois espaços no mesmo complexo. O primeiro é o Centro de Ginástica Artística, que está pronto e só aguarda a liberação dos equipamentos pela Confederação Brasileira de Ginástica Artística (CBG). O segundo é o Centro de Handebol, que vai abrigar a sede administrativa da Confederação Brasileira da modalidade (CBHb) e está com 65% das obras concluídas. A expectativa é que ambos os equipamentos sejam entregues até o fim do primeiro semestre.

O evento foi marcado por competições de exibição com atletas e paratletas da cidade e convidados, como forma de mostrar ao público um pouco do atletismo e dos equipamentos disponíveis no espaço. A pista de corrida foi oficialmente inaugurada pela prova de tiro de 100 metros feminino, em homenagem ao Mês da Mulher.

Também houve demonstrações de salto em distância, arremesso de peso e prova de 110 metros com barreiras. A organização foi da Confederação Brasileira de Atletismo. Antes da solenidade, 300 alunos do Centro Educacional Unificado (CEU) Regina Rocco Casa, integrantes dos programas Tempo de Escola e Segundo Tempo, participaram de atividades recreativas.

Palavras-chave:


Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: