Luiz Marinho inicia plenárias para o Orçamento Participativo 2015/2016 | Diário Regional

Luiz Marinho inicia plenárias para o Orçamento Participativo 2015/2016

29/03/2014 13:20
Print Friendly, PDF & Email

Marinho apresentou macroprojetos da prefeitura - Foto: DivulgaçãoSÃO BERNARDO – O prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho, deu início a mais um ciclo de plenárias com a população para o Orçamento Participativo (OP). Assim como aconteceu nos encontros realizados em 2013, mais uma vez, a Administração realiza reuniões preparatórias para esclarecer à população todo o processo do Orçamento Participativo 2015/2016.

Serão realizadas 21 plenárias, sendo uma com segmentos da sociedade e 20 nas regiões estabelecidas no OP. A primeira delas aconteceu na noite de ontem (28), no Teatro Cacilda Becker, com representantes de sociedades amigos de bairro, partidos políticos, religiosos, sindicatos, universidades e acadêmicos, terceiro setor e empresários.

Na ocasião, a secretária de Orçamento e Planejamento Participativo (SOPP), Nilza de Oliveira, informou os detalhes do funcionamento do Orçamento Participativo, cujas plenárias deliberativas deste ano começam em maio, e ressaltou que nas preparatórias a população terá a oportunidade de sanar dúvidas, saber o passo a passo do OP, quem pode participar e como são votadas as prioridades de investimento para a cidade. Nos encontros também serão realizadas prestações de contas dos OPs 2011/2012 e 2013/2014.

Macroprojetos

Coube ao chefe do Executivo apresentar aos presentes os macroprojetos da prefeitura em curso na cidade que são estratégicos e importantes, como o Programa Drenar e suas obras de combate às enchentes, Mobilidade Urbana, priorizando transporte coletivo e mobilidade sustentável, e o Videomonitoramento, que visa uma cidade mais segura com a integração de diversas políticas públicas para disseminar a cultura de paz no município.

“Mais uma vez, decidimos organizar a população antes das plenárias deliberativas do OP para explicarmos de forma didática todo o processo. Esses encontros antecipados com alguns setores da sociedade e com a população das 20 regiões são importantes para que cheguemos organizados nas deliberativas, que começam em maio”, explicou Luiz Marinho.

Para a secretária de Orçamento e Planejamento Participativo, Nilza de Oliveira, o OP dá transparência a todas as ações de governo, pois permite que nas plenárias sejam debatidas não apenas as demandas apresentadas pela comunidade, mas todas as ações da Administração. “Nesses primeiros encontros com os setores segmentados da sociedade e população das 20 regiões não será votado nem deliberado nada. O que vamos fazer é esclarecer e orientar a população sobre como manifestar sua opinião durante as plenárias do OP”, ressaltou a secretária.

A primeira plenária preparatória com a população será realizada na próxima segunda-feira (31), às 19h, na Emeb Professora Suzete Aparecida de Campos, na rua Marcílio Conrado, 350, no Riacho Grande.



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: