Fundação Salvador Arena comemora 50 anos de existência | Diário Regional

Fundação Salvador Arena comemora 50 anos de existência

28/03/2014 9:35
Print Friendly, PDF & Email

A Fundação Salvador Arena iniciou as comemorações referentes aos 50 anos da instituição, criada para contribuir com a sociedade nas áreas de educação, saúde, habitação e assistência social. Cerca de duas mil pessoas entre alunos, educadores e colaboradores da entidade estiveram reunidos nesta quinta-feira (27), na sede do Centro Educacional Salvador Arena, para comemorar o quinquênio. Até o fim do ano estão previstas uma série de atividades culturais para comemorar a data.

Durante o evento, Regina Celi Venâncio, presidente do Conselho Curador, responsável pela gestão da instituição, falou sobre a trajetória da FSA e agradeceu aos alunos e colaboradores pelo empenho nos últimos anos. “Estamos em uma evolução contínua. É uma alegria muito grande ver que um projeto sonhado há tantos anos se realizou. Os resultados são fruto de um trabalho em equipe, de gente que se dedica a perpetuar o legado deixado pelo seu fundador”, comemorou a presidente.

A Fundação, idealizada pelo engenheiro Salvador Arena, começou a atuar na década de 60 com projetos sociais voltados para a comunidade próxima e para os funcionários da Termomecanica São Paulo S. A., de propriedade do engenheiro. Sob seu comando, na década de 90, um pequeno grupo de professores e alunos deu início às atividades do Colégio Termomecanica, que hoje junto a Faculdade de Tecnologia Termomecanica (FTT), forma o Centro Educacional da Fundação Salvador Arena. Ao todo são mais de dois mil e trezentos alunos. Hoje, a FSA financia projetos em todo o Brasil e investe anualmente mais de 40 milhões de reais nas áreas de educação, saúde, habitação e assistência social.



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: