Santos goleia a Ponte e avança às semifinais | Diário Regional

Santos goleia a Ponte e avança às semifinais

27/03/2014 9:29
Print Friendly, PDF & Email

Gabriel comemora o terceiro gol do Santos contra o Bragantino, na Vila Belmiro - Foto: Thiago Bernardes/Frame/Estadão ConteúdoSANTOS – O Santos não tomou conhecimento da Ponte Preta e goleou o time de Campinas por 4 a 0, ontem (26), na Vila Belmiro, pelas quartas de final do Campeonato Paulista. O time comandado pelo técnico Oswaldo de Oliveira volta a campo no próximo domingo, novamente na Vila Belmiro, contra a Penapolense, pior classificado entre os clubes que avançarem às semifinais.

O duelo de ontem teve gramado pesado na Vila Belmiro, em virtude da constante chuva que caiu durante toda o dia na Baixada Santista. O Santos começou no ataque, buscando triangulações entre Gabriel, Thiago Ribeiro, Geuvânio e Leandro Damião. A Ponte, por sua vez, começou a partida recuada e saindo nos contragolpes.

A primeira chance de gol santista chegou com Gabriel, aos quatro minutos. O camisa 7 recebeu cruzamento na área e dividiu com o goleiro Roberto. A bola saiu pela linha de fundo. O Santos chegou novamente aos 11. Leandro Damião serviu Geuvânio, o meia-atacante fintou Magal e bateu firme de pé direito, mas a bola bateu do lado de fora da rede.

Após o começo de domínio do Santos, a Ponte Preta passou a ter maior posse de bola, mas não conseguia finalizar com perigo ao gol de Aranha. Aos 19 minutos, o Santos teve chance marcar com Leandro Damião. O camisa 9 recebeu na entrada da área, fintou César e bateu de pé esquerdo, obrigando Roberto a fazer grande defesa.

Seis minutos depois, aos 25, o time da casa finalmente conseguiu abrir o placar. Cícero pegou sobra de bola na área da Ponte Preta, após cobrança de escanteio, e finalizou de pé direito, sem chances para Roberto. A equipe comandada por Oswaldo de Oliveira ainda teve duas oportunidades no primeiro tempo para dilatar o marcador, com Geuvânio e Leandro Damião, mas acabou indo para o vestiário com 1 a 0 no placar.

Segundo tempo

Na volta do intervalo o Santos voltou apostando nos contra-ataques, enquanto a Ponte Preta tentava ser mais incisiva. Porém, logo aos três minutos, o time santista ampliou o marcador com Geuvânio. O meia-atacante recebeu lindo passe de bicicleta de Leandro Damião, fintou o defensor e bateu de pé direito.

O terceiro santista saiu aos 15 minutos com Gabriel, que recebeu na entrada da área, fintou Magal e bateu forte, antes da chegada da cobertura. O último gol do jogo saiu com Diego Cardoso, que recebeu passe açucarado de Cícero e só teve o trabalho de empurrar para a rede.



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: