Gilson Kleina desafia tabu contra o Bragantino | Diário Regional

Gilson Kleina desafia tabu contra o Bragantino

27/03/2014 13:30
Print Friendly, PDF & Email

Foto: AESÃO PAULO – Além da conquista da vaga, uma vitória hoje (27), contra o Bragantino, às 21h, no Pacaembu, vale para o técnico Gilson Kleina o privilégio de disputar um jogo de semifinal do Paulista em sua centésima partida pelo Palmeiras. Porém, para que isso aconteça, o técnico do Palmeiras terá de quebrar, em seu jogo 99, o tabu de ainda não ter conseguido classificar o clube alviverde em uma disputa de mata-mata.

Em 98 partidas pelo Palmeiras, Kleina tem o bom aproveitamento de 60,8% dos pontos disputados. Felipão, por exemplo, deixou o clube, em setembro de 2012, com 56,12%. Quando teve de enfrentar partidas eliminatórias, porém, Gilson Kleina não se saiu bem no Palmeiras.

Foi assim no Paulista, na Libertadores e na Copa do Brasil do ano passado. Neste ano, o time jogou mal, mas venceu o Vilhena, de Rondônia, por 1 a 0, na primeira fase da Copa do Brasil.

Curiosamente, o jogo que projetou Gilson Kleina para o cenários dos técnicos de ponta foi uma partida eliminatória. No comando da Ponte Preta, o técnico eliminou o Corinthians no Paulista de 2012 com uma vitória por 3 a 2, de virada, no Pacaembu.

“Agora que chegou a fase aguda do Paulista, começa outro tipo de campeonato”, afirmou Kleina. “Espero muita marcação por parte do Bragantino. Jogos decisivos não costumam ser muito bonitos”, previu o técnico. “Entrar em um mata-mata por um time menor é diferente. Você pode apelar mais para o lado emocional dos atletas, inflamar o vestiário. Já o Palmeiras entra como favorito, com maior pressão”, disse.

O treinador fez mistério e não permitiu que os jornalistas assistissem ao último treino antes do jogo, na manhã de ontem. “Não vamos reinventar a pólvora, não. Só queríamos testar algumas formações com um pouco mais de privacidade”’, explicou.

As dúvidas estão no meio-campo e na defesa. Se Marcelo Oliveira for escalado como volante, Tiago Alves fica na zaga e Eguren vai para o banco. De volta após quatro partidas, o volante Wesley será titular do setor. A tendência é que Valdivia e Bruno César sigam no meio-campo.

O Bragantino do técnico Marcelo Veiga, que treinou ontem no CT (centro de treinamentos) do Corinthians, na Capital, deve explorar contra-ataques amanhã no Pacaembu. Até o fim da tarde de ontem, apenas 18 mil ingressos haviam sido vendidos antecipadamente.



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: