'Trair e coçar, é só começar' comemora 28 anos em cartaz em São Caetano | Diário Regional

‘Trair e coçar, é só começar’ comemora 28 anos em cartaz em São Caetano

26/03/2014 10:12
Print Friendly, PDF & Email

Peça acumulou 6 milhões de espectadores em quase 9 mil apresentações - Foto: DivulgaçãoNeste mês, o espetáculo Trair e coçar, é só começar, de Marcos Caruso, completará 28 anos ininterruptos em cartaz. Recordista absoluto no Brasil, a peça acumulou até agora 6 milhões de espectadores em quase 9 mil apresentações desde sua estreia em 26 de março de 1986, no Rio de Janeiro. A apresentação comemorativa em São Caetano será neste domingo (30), às 18 horas, no Teatro Santos Dumont (avenida Goiás, 1111 – Bairro Santa Paula).

Tendo como personagem principal a empregada Olímpia, a peça está em cartaz em São Paulo, desde agosto de 1989, de onde sai somente para fazer turnês pelo país. Toda a trama se fundamenta em supostas infidelidades. Ao ver a patroa Inês assediada pelo síndico do prédio onde mora, Olímpia supõe que ela esteja traindo o marido Eduardo, apesar de estarem preparando a festa de 16 anos de casados. Depois, a empregada ouve uma piada de Eduardo sobre “as namoradas” dele e conclui que o patrão também trai.

Na cabeça de Olímpia, Lígia, a melhor amiga de Inês, também está sob suspeita, assim como o marido dela, Cristiano. As conclusões apressadas da empregada começam a gerar uma série de “quiproquós” a ponto de, em dado momento, todos os personagens se envolverem em uma confusão aparentemente sem saída.

Serviço – Os ingressos custam R$ 60 (inteira), R$ 40 (antecipado até dia 29) e R$30 (meia). Estão à venda na bilheteria do teatro, das 14h às 19h30. Mais informações pelos telefones 4232-1237 e 4232-1294.



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: