Jovens do Turma Cidadã e do Eco Esporte participam de palestra de primeiros socorros | Diário Regional

Jovens do Turma Cidadã e do Eco Esporte participam de palestra de primeiros socorros

26/03/2014 6:00
Print Friendly

Atividade contou com o apoio do Corpo de Bombeiros, que ofereceu a palestra - Foto: Marcelo DoradorOs jovens que fazem parte do Programa Turma Cidadã e do Eco Esportes, da Prefeitura de São Bernardo, participaram na tarde desta terça-feira (25) de palestra sobre primeiros socorros na Coordenadoria de Ações para a Juventude (Cajuv). A vivência foi oferecida pelo sargento Jair Doniseti Carneiro, do 2º Subgrupamento de Bombeiros, que reforçou a importância da aplicação dos primeiros socorros para salvar vidas.

Entre as orientações repassadas pelo sargento, dicas de como estancar hemorragias, procedimentos a serem adotados em caso de asfixia, cuidados quando uma pessoa convulsiona e reanimação cardiopulmonar com exercício prático. “Muitos dos jovens que participaram desta palestra praticam esportes radicais. As informações que trocamos podem ser úteis numa eventualidade, e fazer a diferença enquanto se espera o socorro”, afirmou o sargento.

A palestra foi promovida pelo Eco Juventude, que desenvolve com o Turma Cidadã e alunos da Cajuv atividades esportivas como canoa havaiana e stand up paddle, por meio dos quais procura apontar a importância da preservação ambiental.

Rafael Lourenço, morador do bairro Areião, é um dos jovens que fazem parte do Turma Cidadã, e avalia como positiva a promoção do encontro. “É importante porque nos tranquiliza, e nos prepara para tomarmos decisões certas numa dessas situações. Esse tipo de atividade que participamos pelo Turma Cidadã nos prepara para o dia a dia e, sem dúvida, faz a diferença em nossa formação”.

Eliane de Sá, moradora do Taboão e aluna do Eco Esporte, também aprova a atividade. “Esse é o tipo de informação que não recebemos normalmente. São medidas simples, que todos deveriam saber, principalmente no que diz respeito a estabilizar alguém enquanto aguardamos apoio médico profissional. São medidas que nos preparam para o cotidiano”.

De acordo com a coordenadora do programa Eco Juventude Cleyde Chieregatto, a introdução aos primeiros socorros esclarece aos jovens como agir em caso de situação atípica. “A ideia é que entendam o que pode ser feito enquanto aguardam o socorro profissional. E que possam ter segurança para identificar a situação e informar de forma mais completa possível a quem vai prestar o atendimento”.



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: