Aldo defende banir torcedor que cometer ofensa racista | Diário Regional

Aldo defende banir torcedor que cometer ofensa racista

26/03/2014 6:52
Print Friendly, PDF & Email

RIBEIRÃO PRETO – O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, disse ontem (25) que torcedores que façam ofensas racistas durante partidas de futebol devem ser banidos dos estádios brasileiros.

Com a proximidade da Copa do Mundo, Rebelo afirmou que, para torcedores estrangeiros, além da proibição de entrada nos estádios, também deve ser proibido a permanência no país.

Em uma visita às instalações do estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (313 km de São Paulo), que será o centro de treinamento da Seleção Francesa no mundial, o ministro disse que a punição por meio de multas aos clubes nos casos de racismo é insuficiente.

Na segunda-feira, o Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD-SP) determinou que o Mogi Mirim pague multa de R$ 50 mil por causa do episódio de racismo protagonizado por torcedores do clube contra o meia Arouca, do Santos. O jogador foi xingado de “macaco” por torcedores na vitória do Santos por 5 a 2 sobre o Mogi Mirim no dia 6 de março, pelo Paulistão.

“É preciso punir rigorosamente o autor da ofensa racista. A multa é uma punição insuficiente, não estou dizendo que seja desnecessária, mas não é suficiente”, disse Rebelo.

“O torcedor que se manifestar com ofensas racistas tem que ser identificado e banidos dos estádios. Se for brasileiro, tem que ser banido dos estádios brasileiros. Se for estrangeiro, proibido de entrar no nosso país e de entrar nos nossos estádios”, completou o ministro.

Conmebol

Também na última segunda-feira, a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) puniu o Real Garcilaso, do Peru, com multa de US$ 12 mil (R$ 27,8 mil) e uma advertência contra reincidência por causa das ofensas racistas proferidas pelos seus torcedores contra o volante brasileiro Tinga, do Cruzeiro.

 



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: