Vacinação contra HPV já alcançou 75% do público alvo no ABC | Diário Regional

Vacinação contra HPV já alcançou 75% do público alvo no ABC

25/03/2014 6:00
Print Friendly

ABC- Das 40,8 mil adolescentes do ABC entre 11 e 13 anos, que devem ser imunizadas contra o papilomavírus humano (HPV), 75% já foi vacinada. O balanço foi divulgado ontem (24) pela Secretaria de Estado da Saúde. Ao todo, já receberam a primeira dose cerca de 30,8 mil moradoras da região que estão dentro da faixa etária alvo da campanha. Em todo o estado foram vacinadas 451.482 meninas, 56% da meta.

Até o dia 10 de abril, o Estado de São Paulo pretende imunizar 808,3 mil meninas dessa faixa etária contra o HPV, causador do câncer de colo de útero. O número corresponde a 80% do total de 1.010.397 de adolescentes paulistas do sexo feminino que constituem o público-alvo da vacinação. Para isso, aproximadamente cinco mil postos de saúde, com horário de funcionamento das 8h às 17h, foram abastecidos com as vacinas contra o HPV para a aplicação da primeira dose.

Três etapas

Este ano, o esquema vacinal será destinado às adolescentes com 11, 12 e 13 anos de idade e deve ser divido em três etapas. A segunda dose da vacina deve ser aplicada seis meses após a primeira dose. Já a terceira dose, que funciona como um reforço, deve ser aplicada cinco anos após a primeira dose. A recomendação é de que as adolescentes levem a caderneta de vacinação aos postos.

Em 2015, a vacina contra o HPV será destinada às meninas entre 9 e 11 anos e também será dividida em três etapas. A partir do ano de 2016, a vacina passará a ser aplicada nas meninas com nove anos de idade.

“A inclusão da vacina contra o HPV no calendário de imunização do SUS é uma importante medida para reduzir a transmissão do papilomavírus humano, vírus capaz de causar lesões de pele e mucosas e, quando não tratado corretamente pode evoluir para casos de câncer de colo do útero. Ao alcançar uma elevada cobertura vacinal entre a população-alvo, observaremos, consequentemente, uma maior proteção contra a incidência do câncer de útero”, afirmou a médica e diretora de imunização da Secretaria Helena Sato.



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: