Gobbi aprova Mano e diz que 2º semestre será melhor | Diário Regional

Gobbi aprova Mano e diz que 2º semestre será melhor

25/03/2014 10:24
Print Friendly, PDF & Email

Gobbi: “Mano está fazendo tudo aquilo que combinamos” - Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians De volta ao Corinthians nesta temporada, o treinador Mano Menezes conduziu turbulenta reformulação do elenco, que teve sequência de quatro derrotas, invasão de torcedores ao centro de treinamento (CT) e eliminação na primeira fase do Estadual. Porém, o presidente do clube, Mário Gobbi, aprova o trabalho do técnico até o momento.

“(Mano) Está fazendo tudo aquilo que combinamos. O final (da participação) do Campeonato Paulista mostra que estamos no caminho correto”, afirmou ontem (24) o presidente corintiano, Mário Gobbi, em entrevista coletiva. O time alvinegro recuperou-se e venceu cinco dos últimos sete jogos na competição, mas não obteve a classificação.

O dirigente elogiou o caráter do treinador e lembrou que era diretor de futebol durante a vitoriosa primeira passagem de Mano pelo clube, entre 2008 e 2010. “Daqui ele saiu para a seleção brasileira”, destacou. “É o homem talhado e preparado para fazer o trabalho de que o Corinthians precisa hoje”, avaliou. “Garanto que o segundo semestre será melhor do que o primeiro”, acrescentou.

Gobbi assegurou que a diretoria permanece buscando novos atletas. “Sem time forte, o Corinthians perde inclusive receitas”, disse. “O segredo é contratar o melhor pelo melhor preço.” Ele lamentou que nem sempre a “garimpagem” de reforços dá resultado. “Aí você tem que abrir os cofres e gastar”, afirmou o presidente.

Elias

O retorno do volante Elias, do Sporting Lisboa, do Portugal, continua nos planos corintianos. “Nós o queremos aqui. Vamos ver se conseguimos viabilizar isso dentro da possibilidade que temos”, confirmou Gobbi.

Perguntado sobre o voto do Corinthians na próxima eleição para presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Gobbi ratificou apoio a uma eventual candidatura de Andres Sánchez, que o antecedeu como mandatário do clube e pertence ao seu grupo político. “O Corinthians trilha ao lado do Andres. Sempre será assim (nesta gestão). Ele é meu presidente eterno”, afirmou o cartola. “Há pontos em que divergimos, mas concordamos na maioria.”

Sem esclarecer quem são seus desafetos, Gobbi fez reclamações sobre críticas à sua administração. “Nada vai me derrubar e me fazer parar. Há momentos de estresse emocional muito grande, coisas faladas da boca para fora. Achei muito estranho quando desabafei e isso teve repercussão que outros não tiveram”, disse. “Não são línguas malignas que vão atrapalhar meu currículo no Corinthians e o que ainda vou fazer com minha equipe.”

Clube quer negociar Emerson até o início do Brasileirão

Um dos assuntos que a diretoria do Corinthians quer resolver até a estreia do time no Campeonato Brasileiro, marcada para o dia 20 de abril, é a situação do atacante Emerson. O técnico Mano Menezes não faz mais questão de contar com o jogador, que tinha como um dos seus defensores o ex-diretor de futebol, Roberto de Andrade.

O presidente Mario Gobbi deu sinal verde para que o jogador seja negociado. O último gol marcado pelo atacante data de julho do ano passado. Com contrato até julho de 2015, Emerson recebe cerca de R$ 300 mil mensais. A estreia no Campeonato Brasileiro é contra o Atlético-MG, fora de casa.

“Se eles (Corinthians) têm interesse em negociar o Emerson, precisam me avisar primeiro. Até agora, não me disseram nada”, disse o empresário do atleta, Reinaldo Pitta. Emerson foi o herói do título da Libertadores, ao marcar os dois gols na vitória sobre o Boca Juniors.



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: