Com registro da seca no sertão, Gilvan Barreto vence FCW de Arte | Diário Regional

Com registro da seca no sertão, Gilvan Barreto vence FCW de Arte

25/03/2014 15:00
Print Friendly

Foto: Divulgação/Gilvan Barreto O trabalho “O Livro do Sol”, de Gilvan Barreto, foi o grande vencedor da 12ª edição do prêmio FCW de Arte, promovido pela Fundação Conrado Wessel (FCW). Além da honraria, Barreto, pernambucano radicado no Rio, ficou com uma premiação de R$ 114,3 mil. Inspirada por João Cabral de Melo Neto, a obra reúne imagens feitas pelo fotógrafo no verão de 2013, em viagem ao sertão nordestino em meio à maior seca dos últimos 60 anos.

O segundo lugar ficou com Lalo de Almeida, repórter fotográfico da “Folha de S.Paulo”, por “Belo Monte – Os Impactos de uma Megaobra”. Em terceiro, ficou “Parque Aquático”, de Roberta Pereira Santana, de Porto Alegre. Ambos receberam uma premiação de R$ 42,8 mil.

No total, 305 fotógrafos se inscreveram, com trabalhos oriundos de 18 Estados brasileiros, além do Distrito Federal.
Os 15 primeiros colocados integrarão um livro comemorativo e uma exposição em 9 de junho, mesma data em que a cerimônia de premiação acontecerá. Além do prêmio FCW de Arte, será entregue o de Ciência, Cultura e Medicina.

A premiação artística foi decidida por uma comissão julgadora que contava com titulares da Universidade da Amazônia, da PUC-RJ, da Escola de Comunicações e Artes da USP, da FAAP, da Universidade Federal de Pernambuco e da Universidade de Brasília.

Entre os vencedores do passado, estão nomes como Bob Wolfenson, Márcia Ramalho, André François e o próprio Lalo de Almeida.



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: