Alckmin: 'SP não vai retirar nenhuma gota do Rio' | Diário Regional

Alckmin: ‘SP não vai retirar nenhuma gota do Rio’

25/03/2014 9:40
Print Friendly

Alckmin: ‘ninguém vai alterar a vazão mínima para o Rio’ - Foto: Divulgação/Gov. do Estado de  São PauloEnquanto o governador Geraldo Alckmin (PSDB) voltou a dizer que o rio Jaguari é de São Paulo e que não “vai se retirar nenhuma gota de água do Rio de Janeiro”, do outro lado da Dutra, o governo Sérgio Cabral Filho (PMDB) votou a criticar as medidas anunciadas por São Paulo.

A administração tucana quer abrir túneis e canais entre a bacia do rio Paraíba do Sul, que abastece o Vale do Paraíba e 12 milhões de pessoas na zona metropolitana do Rio, para assegurar que o sistema de abastecimento do Cantareira não seque novamente no futuro.

De acordo com o governador paulista, do ponto de vista legal, o Estado de São Paulo não precisa pedir autorização a ninguém para retirar água da represa que banha a cidade de Igaratá.

“Não há necessidade de questionamento (jurídico). Ninguém vai alterar a vazão mínima para o Rio de Janeiro. Quem dá a outorga (direito de uso da água) é o DAEE, que é do Estado de São Paulo”, afirmou Alckmin.

O grande temor dos fluminenses é exatamente a alteração na vazão do rio, o que pode gerar impactos negativos na captação de água.

“O Rio não quer prejudicar São Paulo, mas precisa entender efetivamente o projeto”, disse Índio da Costa, secretário estadual de Meio Ambiente do Rio de Janeiro.

Segundo Costa, o governo paulista tem se baseado em um estudo antigo sobre o assunto. O projeto atual não está na ANA, disse.



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: