Muricy 'perdoa' Mano e define S.Paulo | Diário Regional

Muricy ‘perdoa’ Mano e define S.Paulo

22/03/2014 12:56
Print Friendly

Muricy: “vocês não têm o que falar, querem por fogo na situação” - Foto: Divulgação/SPFCPara Muricy Ramalho, a discussão sobre as declarações polêmicas de Mano Menezes e Romarinho após a penúltima rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista está encerrada. Em entrevista coletiva concedida ontem (21), no centro de treinamento da Barra Funda, o técnico do São Paulo limitou-se a dizer que “já passou” e “está tudo bem, tudo resolvido”.

Quando um repórter tentou insistir na pergunta, Muricy colocou um ponto final no assunto com uma crítica à imprensa. “São coisas que acontecem no futebol, está tudo certo. Porém, como vocês (jornalistas) não têm o que falar, querem pôr fogo na situação.”

O imbróglio envolvendo são-paulinos e corintianos começou no último domingo, depois da derrota do time tricolor por 1 a 0 para o Ituano. Somado ao empate sem gols entre Penapolense e Corinthians, o resultado significou a eliminação precoce do time alvinegro do Estadual.

Ao término do confronto em Penápolis, Romarinho disse que o revés do São Paulo dentro de casa não era normal e que teria sido “armado”. Embora menos direto do que o atacante, Mano Menezes deu margem a interpretações ao declarar que cada um tem a própria consciência quando põe a cabeça no travesseiro. “Os deuses do futebol sabem olhar o comportamento de cada um”, disse.

Dois dias depois, Mano adotou discurso mais ameno e afirmou que em nenhum momento colocou em xeque a honestidade de Muricy, a quem definiu como uma pessoa “corretíssima”.

Reservas

Muricy quer aproveitar o jogo contra o Botafogo, amanhã, pela última rodada da fase de grupos do Paulista, para observar jogadores que não estão sendo aproveitados. Durante treino de ontem, no centro de treinamento da Barra Funda, o treinador esboçou a equipe que deve começar jogando em Ribeirão Preto: Denis; Paulo Miranda, Lucas Silva e Edson Silva; Luis Ricardo, Wellington, João Schmidt, Lucas Evangelista e Reinaldo; Ewandro e Ademilson.

“É uma oportunidade para avaliar os atletas, o elenco. Quero fazer observações para saber se posso contar com eles o ano todo. Jogador a gente tem de ver jogando também”, explicou Muricy. “Hoje eles são reservas, mas amanhã podem ser titulares”, afirmou.

Titular do São Paulo nas últimas partidas, Wellington será o único jogador mantido na equipe para pegar o Botafogo, amanhã, em Ribeirão Preto. Com Souza perto do retorno depois de lesão, o volante de 23 anos, revelado nas categorias de base do clube do Morumbi, vai liderar um time formado principalmente por garotos na última rodada da fase de classificação.

Wellington está na sétima temporada consecutiva pelo São Paulo – tirando Rogério Ceni, o último que chegou perto disso havia sido o centroavante França. “Fico feliz, principalmente porque ainda sou jovem e tenho apenas 23 anos de idade. É uma grande responsabilidade ser esse líder na ausência do Rogério”, afirmou o jogador.



Comente esta matéria


Atenção! O comentário aqui postado é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do Diário Regional. Comentários discriminatórios ( contra raça, sexualidade, cor, crença e outros) , que violem a lei, a moral e os bons costumes poderão ser denunciados pelos internautas , removidos ou não publicados pela redação.
%d blogueiros gostam disto: